martelo de leilão

O que é o leiloeiro?

Uma das profissões mais emergentes dos últimos tempos, o leiloeiro é um profissional essencial para quem busca as melhores oportunidades de compra e venda no Brasil. Aqui, você vai conhecer um pouco mais sobre o profissional da área.

Uma carreira que tem crescido bastante no interesse de quem gosta do universo de imóveis, automóveis e raridades é a de leiloeiro.

Aliás, mesmo durante a crise desencadeada pela pandemia do novo coronavírus, o segmento leiloeiro continuou em forte ascensão no mundo, com isso chamando a atenção de muitas pessoas interessadas em obter uma nova área profissional.

Por isso, a Superbid Exchange decidiu montar este post com todas as informações que você precisa conhecer para trilhar esse caminho profissional. Ficou interessado e quer saber mais? Basta continuar a leitura!

O funcionamento do mercado de leilões no Brasil

Bom, para início da história, o mercado de leilões no Brasil é bastante atrativo graças a versatilidade de serviços oferecidos e, principalmente, os ganhos que podem ser obtidos – algo que se torna ainda mais atrativo quando os interessados entendem as condições de compras seguras.

Quais são as vantagens do comprador no leilão TRT 15
A profissão de leiloeiro conta com uma sobreposição excessiva de tarefas durante os pregões, especialmente em caso de licitações públicas. Créditos da imagem: Unsplash/Reprodução

Primordialmente, é necessário sempre ter em dias a documentação de cada leilão disponível em mãos, para isto, o leiloeiro estará junto no processo para auxiliar em toda jornada de compra a ser estabelecida durante um arremate.

Já as demais oportunidades que o mercado de leilões oferecem fazem com que os profissionais da área estejam, obrigatoriamente, atentos às principais tendências que envolvam os seguintes mercados:

  • Mercado Judiciário;
  • Mercado Extrajudicial;
  • Mercado Tecnológico;
  • Mercado de Marketing.

Além disso, os profissionais do segmento leiloeiro devem sempre unir estratégias assertivas que os ajudem a atuar com os vendedores e compradores a fim de obter as melhores negociações para todos os envolvidos.

Agora, comece a entender o que faz e quais as principais característica que um bom leiloeiro deve ter. Continue a leitura!

O que é o leiloeiro? 

Você sabe o que é e o que faz um leiloeiro? Bom, para começar, a profissão vai muito além de falar rápido e mediar ações de um leilão. O leiloeiro é o profissional responsável por mediar os leilões, claro, mas também de auxiliar e permitir a compra e venda de propriedades e itens de maneira transparente, rápida e segura. 

muitas pessoas acabam perdendo a casa para leilão pelos débitos da hipoteca
Os leilões podem ser uma boa alternativa para adquirir uma propriedade, como uma casa ou um prédio residencial, por exemplo. Créditos da imagem: Unsplash/Reprodução

Por sua vez, essa mediação não vai envolver apenas o período em que um leilão está em realização, e sim o momento em que antecede o leilão em si, de maneira a tentar conseguir as melhores condições – isso vale tanto para o vendedor quanto para os eventuais compradores.

O leiloeiro também é o profissional que realiza a famigerada contagem regressiva para instigar os participantes de um leilão, com o simples ato de bater o martelo para anunciar a arrematação de um bem, produto ou serviço disponibilizado para os participantes de um determinado leilão.

Leia também: O papel do leiloeiro em leilões judiciais

E quais são as principais funções da profissão?

Um leiloeiro inicia o seu trabalho em um pregão de produtos e serviços bem antes do que o imaginário popular espera. Antes mesmo de mediar os lances, o profissional já está em ofício tentando garantir qualidade e respeito em todos os processos envolvidos durante um leilão.

leiloeiro
O leiloeiro é o profissional que está em trabalho direto em um leilão mesmo antes dos lances e arremates sejam iniciados. Créditos da imagem: Reprodução/Unsplash

Por exemplo, o leiloeiro é o profissional que será responsável por organizar os lotes a serem leiloados, pensar em uma maneira estratégica para organizar os itens e serviços a serem oferecidos e, no caso de uma licitação, trabalhar com toda a documentação e burocracias que envolvem as empresas concorrentes.

Além de, claro, selecionar quais serão os elegíveis a participarem em um evento.

O leiloeiro também deve ser o profissional que responde pela autorização em relação ao início e ao fechamento de um pregão. Isso porque, o objetivo sempre será o de conseguir os melhores lances durante um arremate. 

Leia também: Corteva realiza leilão de Veículos e Implementos Agrícolas com lances a partir R$ 300,00

E durante um leilão, como o profissional da área atua?

Durante um determinado pregão ou sessão leiloeira, o profissional conta com uma série de tarefas a serem desenvolvidas, tais como:

  • Atuar na classificação de ofertas de um leilão;
  • Negociar todos os preços envolvidos no arremate de produtos e serviços de forma a tentar o melhor lance para os vendedores e compradores em simultâneo;
  • Analisar os documentos dos produtos e serviços ofertados, de modo a verificar se não há problemas com os lotes após a venda ou com a empresa escolhida para o serviço;
  • Elaborar a ata de leilão, no caso de uma sessão leiloeira pública;
  • Tentar garantir a homologação de um produto ou serviço e também de um comprador. Além de, claro, da empresa ganhadora no caso de uma licitação de pregão, por exemplo.

No entanto, é importante considerar que, além dos ofícios supracitados acima, a profissão de leiloeiro conta com uma sobreposição excessiva de tarefas durante os pregões, especialmente em caso de licitações públicas.

Por exemplo, algumas delas vão envolver pareceres jurídicos, passando até mesmo pela função de criar e redigir um edital de convocação e de termos de referências, minuta de contrato, delegação das responsabilidades que devem ser atribuídas aos responsáveis pelos pedidos, entre outras.

Leia também: Apartamento para leilão em Teresópolis com valores abaixo do mercado!

E quanto quando um leiloeiro? Descubra o salário deste profissional 

Para quem está cogitando iniciar uma carreira neste segmento, entender o salário de um profissional é primordial para ajudar alguém a optar de vez pelo exercício do ofício ou prosseguir em outra área. 

Qualquer pessoa pode participar do Leilão TRT?
O leiloeiro também é o profissional que realiza a famigerada contagem regressiva para instigar os participantes de um leilão, com o simples ato de bater o martelo para anunciar a arrematação de um bem, produto ou serviço disponibilizado. Créditos da imagem: Unsplash/Reprodução

O salário de um leiloeiro é determinado por uma lei que estabelece que o profissional está autorizado a receber até 5% sobre o valor de um bem vendido durante um determinado leilão

Em outras palavras, isso vai variar de acordo com os arremates de uma sessão de leilão. Por exemplo, se um imóvel for arrematado por R$ 1.000.000,00, a comissão do leiloeiro será de R$ 50.000,00. Agora, imagine vender diversos itens e serviços ao longo de um mês. Isso será o suficiente para encher bem o cofrinho.

Leia também: O papel do leiloeiro em leilões judiciais

O que posso fazer para me tornar um leiloeiro?

Geralmente, a profissão de leiloeiro conta com um amplo respaldo legal que garante condições de trabalho à categoria, com opções de garantia e segurança para todos os envolvidos no processo de um arremate, isso vale para os leiloeiros, empresas gestoras de leilões e até mesmo os compradores de itens, produtos e serviços. 

leiloeiro
O leiloeiro é o profissional que será responsável por organizar os lotes a serem leiloados, pensar em uma maneira estratégica para organizar os itens e serviços a serem oferecidos. Créditos da imagem: Unsplash/Reprodução

Além disso, é muito importante ressaltar que os ganhos financeiros para os envolvidos no processo de um leilão podem ser muito positivos e extremamente lucrativos. 

Como iniciar uma carreira na profissão?

Não se engane, esta é uma das dúvidas mais frequentes em relação aos brasileiros e brasileiras interessados em entrar na profissão de leiloeiro. Afinal, muitas questões são bastantes desconhecidas, visto que o setor não é conhecido como um segmento obrigatório ou de serviços gerais.

ganhar dinheiro comprando em leilão
O salário de um leiloeiro é determinado por uma lei que estabelece que o profissional está autorizado a receber até 5% sobre o valor de um bem vendido durante um determinado leilão. Créditos da imagem: Unsplash/Reprodução

E de fato, não existe uma formação oficial para quem tem desejo de se tornar um membro oficial de ofício do segmento. Qualquer pessoa com mais de 25 anos de idade e que possua o ensino médio completo pode dar início ao sonho de atuar na área que, geralmente, é iniciada por meio de treinamentos e cursos online ou presenciais.

Para organizar a entrada nesta categoria profissional, no entanto, existe uma série de pré-requisitos que devem ser correspondidos – e todos eles são determinados por lei, então, não existem brechas, ok?

Conheça os principais pré-requisitos para iniciar sua entrada na profissão:

  1. Ser um (a) cidadão brasileiro (a);
  2. Ter pelo menos 25 anos de idade; 
  3. Não estar sob a condenação de nenhum crime que torne impossível a execução de ofícios de ordens comerciais;
  4. Não ter falta;
  5. Caso tenha decretado falência sob alguma hipótese ou ter sido condenado por algum crime de ordem familiar, a pessoa deve estar em processo de reabilitação ou plenamente reabilitado;
  6. Não atuar como comerciante em outra empresa ou de maneira geral e fixa;
  7. Não fazer parte de qualquer tipo de sociedade empresarial e/ou comercial;
  8. Ter moradia fixa há, pelo menos, cinco anos no estado que se pretende exercer o ofício;
  9. Não estar matriculado como um profissional do leilão em outro estado brasileiro; 
  10. Ser civil e criminalmente idôneo.

A partir do atendimento de todas as exigências legais supracitadas, o interessado ou interessada deverá se inscrever como leiloeiro na junta comercial do Estado em que se deseja exercer o ofício de leiloeiro. 

Já para trabalhar com leilões não será preciso possuir alguma graduação ou curso superior em andamento, contudo, a maior parte dos profissionais da área conta com alguma graduação estratégica ou voltada para a área comercial.

Estudantes também fazem uso indevido de anfetaminas para os estudos
Também é indicado que um candidato conte com cursos no segmento para demonstrar aptidão e conhecidos sobre o segmento. Créditos da imagem: Reprodução/Unsplash

Também é indicado que um candidato conte com cursos no segmento para demonstrar aptidão e conhecidos sobre o segmento.

Aliás, outro importantíssimo ponto a ser seguido é manter uma rotina muito assídua de estudos e prática, especialmente em relação aos itens e tipos de leilões em que se pretende participar. Isso porque os leilões contam com muitas especificidades e um profissional ruim da área pode causar enormes problemas para todos os envolvidos em um arremate.

Leia também: O leilão de imóveis é um bom negócio?

Como atuar como um leiloeiro com qualidade?

Um leiloeiro de qualidade é aquele que trabalha com os princípios de Isonomia Jurídica, isto é, com a equalização das normas e dos procedimentos jurídicos entre todos os indivíduos em um processo para, assim, garantir que a lei seja sempre aplicada de forma igualitária entre as pessoas.

martelo de leiloeiro
Mesmo durante a crise desencadeada pela pandemia do novo coronavírus, o segmento leiloeiro continuou em forte ascensão no mundo. Créditos da imagem: Unsplash/Reprodução

Isso deve ser seguido para que os lances de um leilão estejam sempre de mãos dadas com bons negócios. Outros princípios fundamentais que um leiloeiro de qualidade deve ter são conhecimentos e expertises de legalidade, impessoalidade, moralidade, eficiência, ética, marketing e publicidade. 

Porém, como em todo mercado ou área, vão existir os bons e os maus profissionais, assim, cabendo a quem atua como leiloeiro tentar sempre buscar atualização e capacitação constantes – isso sem contar com o cumprimento da ética no trabalho, o principal norteador.

Posts Sugeridos

O que é necessário para fazer um leilão virtual?
O que é necessário para fazer um leilão virtual?
Criar site de leilão ou usar um Marketplace?
Criar site de leilão ou usar um Marketplace?

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *