Entre todos os documentos que devem ser renovados todos os anos como IPVA, DPVAT e licenciamento, é comum surgirem dúvidas sobre qual a diferença entre todos esses impostos e para que cada um deles servem. No entanto, a mais comum é a dúvida sobre qual é a diferença entre IPVA e licenciamento.

Enquanto o DPVAT é um seguro obrigatório que cobre os custos médicos e indenização caso o proprietário se envolve em algum acidente de trânsito, o IPVA e licenciamento são tributos que dizem respeito à posse do bem e ao direito de transitar pelas ruas com o veículo.

Para que você entenda melhor qual a diferença entre IPVA e licenciamento, separamos algumas informações importantes sobre os dois impostos. Acompanhe a seguir!

O que é IPVA?

O IPVA é o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores cobrado por estado, e incide sobre automóveis, motocicletas, caminhões etc. A base de cálculo do IPVA é o valor venal de cada veículo, sendo aplicado apenas em veículos de circulação terrestre.

o IPVA é o imposto que incide sobre a propriedade de carros, motos, caminhões etc, e deve ser pago por todos os proprietários de veículos
o IPVA é o imposto que incide sobre a propriedade de carros, motos, caminhões etc, e deve ser pago por todos os proprietários de veículos

O imposto é cobrado diretamente ao proprietário do veículo, sendo 50% do valor destinado ao estado em que o veículo está registrado e 50% para o município.

Por se tratar de um tributo estadual, a alíquota varia conforme a região brasileira, oscilando entre 1 e 4%.

O que é licenciamento?

O licenciamento, por sua vez, é uma autorização para que o automóvel possa trafegar pelas ruas e estrada livremente. Esse documento é considerado de porte obrigatório, assim como a CNH, e deve ser apresentado à autoridade de trânsito sempre que for solicitado.

Andar sem o licenciamento ou com o documento atrasado é considerado uma infração gravíssima que tem como penalidade a retenção do veículo, multa no valor de R$ 293,47 e 7 pontos na carteira.

Qual é a diferença entre IPVA e licenciamento?

Enquanto o IPVA é um imposto que incide sobre a posse do bem, o licenciamento é uma autorização para que você possa andar com seu veículo nas ruas e nas estradas sem problemas.

E embora sejam dois tributos diferentes, o licenciamento depende do IPVA para ser renovado.

Caso o proprietário esteja com o IPVA atrasado, não tenha pago o DPVAT, ou então tenha débitos de multas, não é possível fazer a renovação do licenciamento do veículo. E como visto acima, trafegar sem o documento ou com o documento vencido é considerado uma infração de trânsito gravíssima.

Enquanto isso, andar com o IPVA atrasado não pode ser considerado uma infração. Porém, nesses casos, os juros e multas são bastante altos e podem até mesmo duplicar o valor do IPVA se o proprietário for incluído na dívida ativa.

Clique aqui e saiba como regularizar IPVA na dívida ativa!

Outra diferença é a data da cobrança. Enquanto o IPVA deve ser pago anualmente entre janeiro e fevereiro, dependendo do último número da placa, o licenciamento varia entre abril e dezembro, também seguindo uma tabela que varia conforme o último número da placa do veículo.

Quais os juros e multas que incidem no IPVA atrasado?

O percentual da multa em São Paulo, por exemplo, é de 0,33% sobre o valor total do IPVA, aumentando diariamente até atingir o máximo de 20% após 60 dias. Além disso, há também o acréscimo de juros de 1% ao mês baseado na taxa Selic.

as multas que incidem sobre o IPVA em atraso são de 0,33% e aumentam diariamente até alcançar o máximo de 20% após 60 dias da data de vencimento
as multas que incidem sobre o IPVA em atraso são de 0,33% e aumentam diariamente até alcançar o máximo de 20% após 60 dias da data de vencimento

Além disso, se o débito não for quitado dentro da data limite, que normalmente o proprietário do veículo recebe por correio, o débito passará para a dívida ativa.

Como solicitar o pagamento do licenciamento e IPVA em atraso?

Em ambos os casos, é possível fazer o procedimento diretamente no site do Detran do estado entrando na aba “Veículos” ou semelhante e então “Licenciamento” ou “IPVA”.

É possível pedir isenção do licenciamento?

Os únicos veículos que possuem isenção do licenciamento são os pertencentes a órgãos públicos ou entidades. O restante deverá pagar o tributo anualmente, sem exceções.

E o IPVA?

Diferente do licenciamento, é possível solicitar a isenção do IPVA em alguns casos como:

  • veículos acima de 10-20 anos, dependendo do estado em que foi emplacado;
  • deficiente visual não condutor;
  • deficiente físico condutor ou não;
  • deficiente mental ou autista não condutores;
  • casos de furto ou roubo.

No último caso, alguns estados ainda possibilidade a solicitação de estorno dos valores proporcionais caso o IPVA já tenha sido pago e o veículo tenha sido roubado.

Como solicitar a isenção do IPVA?

Para solicitar a isenção nos casos de roubo e furto, é necessário apresentar o boletim de ocorrência na Secretaria da Fazenda. Porém, em cada estado é necessário fazer processos diferentes, sendo importante entrar em contato com o Detran ou Secretaria da Fazenda do seu estado para solicitar mais informações. 

Já para solicitar isenção de IPVA por idade, você deve se dirigir até a Secretaria da Fazenda do estado em que o veículo foi emplacado, e para solicitar a isenção do imposto nos casos de deficiência, na Secretaria da Fazenda do estado em que o indivíduo reside.

para solicitar o IPVA de veículos fabricados há mais de 10-20 anos é necessário se dirigir até a Secretaria da Fazenda do estado de emplacamento do veículo
para solicitar o IPVA de veículos fabricados há mais de 10-20 anos é necessário se dirigir até a Secretaria da Fazenda do estado de emplacamento do veículo

Os documentos necessários também costumam variar de acordo com cada região, sendo necessário conferir o que é solicitado em cada estado brasileiro.

Além disso, é importante lembrar que a solicitação por deficiência só pode ser feita uma vez por proprietário. O que significa que se houver algum pedido solicitado no mesmo nome, você deverá dar baixa para seguir com o processo.

Como consigo consultar se o licenciamento ou o IPVA estão atrasados?

Para verificar os débitos do IPVA, licenciamento, DPVAT e até mesmo de multas, basta acessar o site do Detran do seu estado e procurar pelas aba “Veículo” e em seguida “IPVA”, “Licenciamento” ou “DPVAT”. Feito isso, preencha o código Renavam, que pode ser facilmente encontrado no CRV do veículo.

Veja como encontrar o código Renavam clicando aqui!

Feito isso, informe a placa do automóvel e o CPF do proprietário para receber um código de verificação. É por meio desse código que você poderá ver se o veículo conta com algum débito em aberto.

Depois de descobrir qual é a diferença entre IPVA e licenciamento, não deixe de quitar seus débitos para evitar multas de trânsito e pontos na carteira, além de juros por IPVA em atraso. 

Pensando trocar de carro ou comprar um novo? Confira todas as nossas oportunidades aqui na Superbid!

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui