O polonês Moises e a romena Marian chegaram ao Brasil nos anos 1940, fugidos da 2ª Guerra Mundial, ambos viúvos e acompanhados por familiares judeus. Após o encontro na capital paulista, Moises e Marian se casaram e começaram a trabalhar vendendo itens de cama, mesa e banho de porta em porta, oferecendo uma espécie de crediário informal aos clientes — quando a forma de pagamento ainda não existia — até montarem a própria loja.

Talvez a veia comercial de Idal Przewozinski, gerente comercial do Superbid e funcionário que está há mais tempo na empresa, encontre origem na história de seus pais, Moises e Marian. Nascido em 1949, criado no bairro Bom Retiro e educado em uma escola judaica, o caçula dos Przewozinski, que atende como Ivo desde criança (quando suas irmãs o chamavam assim por ser mais fácil que Idal), trabalha na área desde os 14 anos quando, com o falecimento precoce de seu pai, teve de ajudar nas finanças da família como caixa de arrecadação de um clube esportivo. 

A afinidade com os cálculos e os números levou Ivo a cursar a faculdade de Economia na Universidade Braz Cubas, mas foi na área comercial que ele se encontrou:

“Não pensava que fosse partir para a parte comercial, mas tudo me encaminhou para isso. Atuei como gerente comercial de uma empresa de indústria têxtil e depois passei para uma empresa do setor químico antes de chegar ao Superbid”, relembra Ivo.

O trabalho na indústria têxtil, completa Ivo, também gerou um encontro que mudaria a vida dele para sempre: “Conheci minha esposa, Rosa, nessa empresa, na década de 1970. Ela era secretária do escritório na época e nos casamos em 1975 — minha primeira e única esposa”.

Com Rosa, Ivo teve três filhos: a terapeuta ocupacional Michelle, a designer e profissional de marketing Thaís e o gestor ambiental Mauro, que mais tarde trouxeram os netinhos Davi, Marina, Maya, Alice, Ariel e Noa, que têm entre 5 e 11 anos.

Quando surgiu a oportunidade de ingressar no Superbid, em 2001, a empresa tinha apenas dois anos. Ivo foi um dos funcionários pioneiros na captação de ativos no sistema de vendas diferenciado da empresa:

“Quando começamos, a Superbid não tinha uma quantidade tão grande de funcionários. Eu e o Marcelo Pinheiro trabalhávamos em conjunto, com levantamento de ativos, busca de potenciais compradores, lançamento no site, loteamento, precificação. Começamos a estabelecer formatos de trabalho, tendo a preocupação com quem disponibilizava e quem poderia adquirir os ativos”

O Ator

Um dos principais hobbies de Ivo está relacionado a uma carreira paralela que o gerente comercial seguiu durante alguns anos: o teatro.

“Eu tinha parentes que trabalhavam com teatro, inclusive uma prima que era uma atriz de teatro e novela. Isso acabou despertando meu interesse por arte, achei que era um bom caminho para seguir”.

Ivo estudou teatro em uma escola especializada ao lado de atores como Dan Stulbach e Caco Ciocler e atuou em diversas peças e comerciais, como uma campanha da Brasilit que foi ao ar nos anos 1990, na qual interpretou um padre:

Atualmente, Ivo não atua, mas sempre vai ao teatro assistir aos espetáculos em cartaz. “Meu filho é formado em artes cênicas e já atuou em comerciais. Um dos meus netos, Davi, está ensaiando uma peça que vai estrear em 2018 no Sesc”, comenta, negando influências sobre as escolhas dos garotos. Os demais netos também são envolvidos em arte – Marina, Ariel, Alice e Noa fazem aulas de música e dança e Maya também seguiu pelo teatro.

Ivo ainda destaca hábitos que a arte trouxe à sua vida: “O teatro me fez desenvolver e ter muito conhecimento, muita leitura, porque você acaba tendo uma necessidade de adquirir mais informações, saber mais o que acontece”.

Viagens também são outra paixão de Ivo e, sempre que tem oportunidade, gosta de explorar outros lugares nacionais e internacionais. Uma viagem feita em 2009, conhecida como “Marcha da Vida” foi uma das mais marcantes para o gerente, especialmente, por ter conhecido melhor suas origens e o drama pelo qual os judeus passaram durante a 2ª Guerra Mundial:

“A Marcha da Vida é um programa em que você vai para locais da Polônia onde estavam instalados os maiores campos de concentração nazistas durante o holocausto. Fomos conhecer melhor o que aconteceu naquela época, a história do local. O encerramento da viagem foi em Israel (Estado de maioria judia)”.

Novas tecnologias

Ao longo dos quase 20 anos de Superbid e das décadas marcantes pelas quais Ivo já passou, aconteceram diversas mudanças, principalmente, tecnológicas. Trabalhando diariamente em frente ao computador e conectado ao iPhone, o gerente comercial diz ter se adaptado de forma natural a essas mudanças, principalmente, por uma questão de personalidade:

“Sou muito aberto a novas informações, me adapto facilmente a novas situações. Foi uma evolução relativamente natural da inserção de novas ferramentas, de novas situações, não senti muito o impacto e acompanhei tranquilamente essa evolução técnica”.

Dentro do Superbid há mais de 16 anos, Ivo destaca ainda a importância de preservar um bom relacionamento com todos os colegas e da reciclagem profissional não somente relacionada à tecnologia:

“Primeiramente é necessário estar disponível e aberto a novos aprendizados sempre, independentemente das novas ferramentas tecnológicas. É necessário estudar e procurar se atualizar a todo momento. O processo é muito dinâmico e as inovações são muito rápidas. Aproveitar a experiência e saber utilizar as inovações adequadamente são desafios e oportunidades”.

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns viajei na sua historia de vida , família linda , e me emocionei ao rever os comercias da Brasilit lembro perfeitamente deles de vc e da marca que virou sinônimo de telhas até os dias de hj show.
    Parabéns a voce sucesso sempre Sr. Ivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui