Vistoria veicular

Vistoria veicular: importância, tipos e o que é avaliado durante o procedimento

A vistoria veicular é um procedimento exigido pelo CONTRAN – Conselho Nacional de Trânsito -, e tem como objetivo principal verificar as características técnicas, motoras e estéticas do veículo, especialmente antes de fazer qualquer tipo de transferência entre proprietários. Mas você sabe como a vistoria veicular funciona?

De acordo com a Resolução n466/13 do CONTRAN, a vistoria visa verificar a autenticidade de documento do veículo – isto é: se a propriedade é legítima -, as condições dos seus equipamentos obrigatórios e quaisquer alterações em suas características originais.

Para entender melhor sobre esse procedimento e sua importância, separamos um post completo sobre o assunto. Confira a seguir!

Por que a vistoria veicular é tão importante?

Essa avaliação feita pelos órgãos competentes é importante para ter controle de todos os veículos que circulam em território nacional, a fim de verificar qual estado o carro se encontra e quais modificações foram feitas para ter certeza de que elas estão de acordo com a lei.

a vistoria é essencial para garantir que o carro está em boas condições
a vistoria é essencial para garantir que o carro está em boas condições

Além disso, a vistoria veicular é um documento obrigatório para transferir e regularizar a propriedade dos veículos, assim como para fazer o licenciamento de automóveis que foram fabricados há mais de 5 anos, evitando que carros que não estejam em boas condições de uso continuem a circular no país.

Por que a vistoria veicular deve ser feita antes da transferência de proprietário?

Nesses casos, a vistoria tem como o objetivo garantir ao novo proprietário que o veículo adquirido está seguro, que tem boa procedência e que os equipamentos considerados obrigatórios estão funcionando correta e normalmente. 

Caso alguma das características originais tenha sido alterada, como a cor, por exemplo, ou se o seguro tiver sido acionado, também é necessário fazer a vistoria para evitar que algum problema técnico que poderia ser desencadeado por esse tipo de evento e causar acidentes mais sérios passem despercebidos.

Como a vistoria veicular funciona?

No Brasil, esse tipo de vistoria é feita como uma espécie de avaliação para determinar se aquele veículo é seguro ou não para circular pelas ruas sem colocar em risco a  vida do motorista, passageiros e pedestres.

para realizar o procedimento é importante apresentar os documentos do veículo e pagar a taxa ao DETRAN
para realizar o procedimento é importante apresentar os documentos do veículo e pagar a taxa ao DETRAN

Para realizar o procedimento, é necessário apresentar CNH, RG, CRVL – certificado de Registro e Licenciamento do Veículo – e CRV – Certificado de Registro do Veículo – direto em uma unidade do DETRAN do seu estado e preencher o formulário do RENAVAM. Em seguida, basta pagar as taxas necessárias para agendar o procedimento.

Quais são os tipos de vistorias que existem?

Vistoria prévia

A vistoria prévia nada mais é do que uma vistoria feita antes da contratação do seguro, a fim de analisar as condições gerais do veículo para garantir e validar as condições de apólice, evitando assim possíveis prejuízos para a empresa.

Ou seja, a seguradora fará uma análise de possíveis falhas e defeitos, riscos, amassados e quaisquer outras avarias que já estejam presentes no veículo antes que o serviço seja contratado.

Vistoria cautelar ou de procedência

Outro tipo de vistoria veicular bastante comum é a vistoria de procedência, feita quando o carro é colocado à venda para uma análise geral do veículo, a fim de identificar problemas como falhas no câmbio, problemas de alteração de chassis, falhas no motor, problemas nos vidros, danos na pintura etc.

sempre que o veículo for colocado à venda é feita uma vistoria para avaliar a situação de conservação do mesmo
sempre que o veículo for colocado à venda é feita uma vistoria para avaliar a situação de conservação do mesmo

Essa vistoria deve ser feita independente se a venda for feita de forma particular ou por revendedora ou concessionária.

A diferença é que nesses casos, também deve-se fazer a consulta à BIN – Base de índice Nacional, um banco de dados do DENATRAN que reúne características e informações dos veículos, com base nas vistorias anuais realizadas e no RENAVAM.

Vistoria veicular para transferência

Por fim, temos a vistoria tradicional, feita quando o veículo é passado de um proprietário para outro, ou quando é necessário realizar quaisquer tipos de alteração no documento do carro, especialmente por mudanças de cidade.

O que avalia-se em uma vistoria veicular?

Como mencionado, em uma vistoria veicular é necessário avaliar e analisar todos os aspectos e componentes do veículo, indo desde a pintura, até a condição dos pneus. Dentro dessa vistoria, também analisa-se os documentos do carro, a fim de verificar se estão atualizados corretamente, como CRV e o CRLV, assim como o DPVAT, IPVA e licenciamento anual. 

Em casos de multas, é feita uma consulta para verificar se todas as multas atribuídas ao veículo foram quitadas.

durante a revisão será avaliado itens como motor, pneu, janelas, limpadores e fechaduras das portas
durante a revisão será avaliado itens como motor, pneu, janelas, limpadores e fechaduras das portas

Depois da vistoria de documentos, inicia-se a vistoria veicular em si, verificando todos os equipamentos obrigatórios e suas condições e funcionamento. Nesses equipamentos estão inclusos:

  • pneus;
  • estrutura do habitáculo em impacto traseiro/
  • dispositivos de iluminação;
  • lataria e protuberâncias externas;
  • fechaduras e dobradiças das portas;
  • coluna de direção colapsável;
  • limpador e lavador do parabrisa;
  • comando e luzes;
  • buzina;
  • setas;
  • espelhos retrovisores;
  • travas;
  • janelas;
  • condição de todos os vidros do veículo;
  • número do chassi;
  • ABS;
  • airbags;
  • bancos;
  • freio de mão;
  • cintos de segurança;
  • câmbio;
  • volante;
  • apoios de cabeça;
  • triângulo de sinalização;
  • estepe;
  • blindagem – que não deve apresentar bolhas de ar no vidro;
  • insulfilme – se está no limite permitido por lei.

Feito isso, os profissionais verificam se o veículo mantém ou não as suas características originais de fábrica, especialmente em relação à pintura e suspensões. Ou seja,caso o carro tenha sido rebaixado, é necessário apresentar documento de autorização.

Leia também Carro rebaixado pode ser multado e guinchado?

Quanto tempo demora para finalizar a vistoria veicular?

Muitas pessoas se preocupam se terão que deixar o veículo na vistoria por muito tempo. Porém, esse intervalo depende exclusivamente do tipo e tamanho do veículo, além de sua complexidade e quantidades de vistorias que o DETRAN possui naquele dia. A média é que o carro esteja liberado em até 2 horas.

O que causa a reprovação da vistoria?

Alguns veículos podem ser reprovados na vistoria, especialmente se:

  • o veículo foi rebaixado sem autorização dos órgãos competentes;
  • os pneus estão em boas condições, mas a largura é superior que o limite da carroceria;
  • os pneus estão gastos;
  • os vidros apresentam alguma espécie de rachadura;
  • os faróis não estão funcionamento adequadamente;
  • as lanternas estão queimadas;
  • alguns dos documentos obrigatórios estão atrasados ou com dados divergentes.

Agora que você viu o que é vistoria veicular, para que serve e o que é analisado durante o processo, fique de olho para manter seu carro nas condições originais e conservar os itens obrigatórios, evitando que seu veículo seja reprovado durante o processo. Além disso, esteja sempre em dia com a documentação para evitar esse e outros problemas como multas.

  • Caso você esteja pensando em trocar de veículo, com um preço acessível e uma variedade enorme, acesse a página de lote do Superbid e confira os leilões em aberto. Diversos modelos com os melhores preços do mercado, com o especialista em leilões!

Para mais conteúdos relacionado ao mundo dos carros e diversos assuntos, clique aqui e acesse o blog Superbid!

Gás natural é a melhor opção: Tudo sobre o assunto
Gás natural é a melhor opção: Tudo sobre o assunto
Tudo sobre rastreamento de carga
Tudo sobre rastreamento de carga

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.