diferença entre CRV e CRLV

Qual a diferença entre CRV e CRLV?

Apesar de terem significados e classificações diferentes, o CRV e o CRLV ainda são muito confundidos pelos motoristas, principalmente pela semelhança das siglas.

No entanto, algumas variações devem ser observadas, como a periodicidade que esses documentos devem ser renovados. Mas e você, conhece a diferença entre CRV e CRLV?

O CRLV, também conhecido como licenciamento, em conjunto com o CRV, que corresponde ao registro do automóvel, integram a documentação necessária para transitar sem impedimentos pelas ruas e estradas.

Isto é: são os documentos que garantem a conformidade do veículo com as exigências de trânsito.

Entenda mais sobre a diferença entre CRV e CRLV a seguir!

O que é CRV?

O registro do veículo, como é popularmente chamado, é um documento emitido no ato do primeiro emplacamento do automóvel. É nesse documento que todas as características do carro como cor, modelo, ano, adaptações, proprietário, Renavam e outras especificações ficam registradas. 

o registro do veículo é o documento no qual consta todas as modificações de propriedade e característica como mudança na cor
O registro do veículo é o documento no qual consta todas as modificações de propriedade e característica como mudança na cor

A partir disso, todas as mudanças de características e propriedade devem ser registradas ao Detran.

Isso quer dizer que sempre que você comprar ou vender um veículo, ou modificar a cor ou trocar as molas, por exemplo, terá que solicitar um novo registro.

O CRV é o meio que o Detran utiliza para conferir os veículos ativos na frota nacional. Por isso, é importante que esteja sempre atualizado.

Quanto tempo demora para o CRV ficar pronto?

De modo geral, o registro do veículo leva uma média de três dias úteis para ficar pronto.

No entanto, esse prazo pode variar conforme a região, e deve ser confirmado no Detran do Estado.

Quais os documentos necessários para fazer um novo CRV?

A documentação necessária para um novo CRV dependerá do motivo da renovação do documento. Isso acontece pois, para mudanças de características e de propriedade, os documentos e processos são diferentes.

Para alterações nas características

Algumas mudanças na característica do veículo como a cor, por exemplo, precisam ser autorizadas pelo Detran. Para solicitar a autorização, o proprietário deve apresentar os seguintes documentos:

  • CRV;
  • CRLV;
  • Vistoria e decalque do chassi para confirmação de dados;
  • RG e CPF.

Após a autorização e modificação, os documentos para o novo CRV são:

  • CRV; 
  • CRLV original e cópia;
  • Vistoria e decalque do chassi para conformação de dados;
  • Nota fiscal de prestação de serviço, nota fiscal da compra da tinta com a descrição do nome da cor, ou declaração do particular que promoveu a modificação com firma reconhecida;
  • Comprovante de residência;
  • Cópia da autorização concedida pelo Detran (ou recolhimento da multa nos casos em que a modificação foi feita sem autorização;
  • RG e CPF.

Feita a mudança, será necessário que o proprietário também renove o CRLV, já que no documento também consta informações sobre a cor do veículo.

Para mudança de propriedade

  • CRV assinado pelo vendedor com forma reconhecida em cartório;
  • RG e CPF do comprador original e cópia;
  • Laudo de vistoria feita pelo Detran do Estado ou empresa credenciada;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de pagamento das taxas referentes à transferência.

Dados que constam no CRV

  • Número do documento;
  • Estado;
  • Número da via;
  • Código Renavam;
  • RNTRC;
  • Nome e endereço do proprietário;
  • CPF;
  • Placa;
  • Nome do proprietário anterior;
  • Placa antiga nos casos de mudança de estado ou cidade;
  • Número do chassi;
  • Combustível;
  • Marca;
  • Modelo;
  • Assinatura do responsável;
  • Espécie;
  • Ano de fabricação;
  • Ano da modificação;
  • Capacidade de passageiros;
  • Potência;
  • Cilindrada do motor;
  • Cor predominante;
  • Local;
  • Data da emissão do novo CRV;
  • Assinatura do responsável.

O que é CRLV?

Popularmente chamado de licenciamento, esse é o documento que concede o direito de tráfego do veículo. Isto é: legaliza a sua circulação nas ruas e nas estradas.

Porém, o licenciamento só pode ser renovado depois da quitação de taxas e valores referentes a tributos estaduais como IPVA, DPVAT, taxa de renovação e multas.

o licenciamento do veículo é a permissão concedida para que o veículo possa trafegar livremente pelas ruas e estradas
O licenciamento do veículo é a permissão concedida para que o veículo possa trafegar livremente pelas ruas e estradas

Diferente do registro, que só é renovado quando o veículo passa por mudanças de características ou de propriedade, o licenciamento deve ser renovado anualmente.

A data de renovação varia para cada estado brasileiro, normalmente começando no mês de abril e terminando em dezembro, seguindo o calendário de acordo com o último número da placa do automóvel.

Quanto tempo demora para o CRLV ficar pronto?

Caso o documento seja solicitado e retirado presencialmente, leva entre dois e três dias para ficar pronto. Já quando o proprietário solicita o envio pelos correios, pode levar até cinco dias para que fique pronto e até 15 dias para chegar no endereço informado.

Vale lembrar que o comprovante do pagamento da taxa para renovação do licenciamento não substitui o CRLV original. Com isso, trafegar sem o documento e apenas com o comprovante ainda comporta em infração de trânsito.

Quais documentos necessários para renovar o CRLV?

Para poder renovar o CRLV, o proprietário deve apresentar:

  • Comprovante de licenciamento do ano anterior;
  • Comprovante do pagamento do IPVA do no vigente e do ano anterior;
  • Comprovante de pagamento da taxa de renovação do ano vigente.

Além disso, o proprietário também deverá pagar o DPVAT e multas relacionadas ao veículo, quando houver, para que seja possível a renovação do documento.

Dados que constam no CRLV

  • O número que o automóvel recebe no sistema do Contra e do Detran;
  • O Renavam do veículo;
  • Nome do proprietário;
  • CPF;
  • Número da via;
  • RNTRC (Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Carga);
  • Ano da emissão do documento;
  • Número do Chassi;
  • Combustível;
  • Ano de fabricação e modelo do veículo;
  • Cor do veículo;
  • Data completa de emissão do documento;
  • Categoria do veículo;
  • Número do espelho (transferência de município, estado ou proprietário);
  • Placa e Estado;
  • Espécie e tipo;
  • Marca e modelo;
  • Capacidade, potência e cilindrada;
  • Dados do IPVA;
  • Dados do DPVAT (Seguro Obrigatório);
  • Local de registro;
  • assinatura do responsável.

Qual a diferença entre CRV e CRLV?

Enquanto o registro do veículo é o documento em que consta todos os dados do automóvel como cor, placa, chassi, Renavam, proprietário e etc, o licenciamento é o documento que concede autorização para que o motorista consiga trafegar com o carro, afirmando que não há impedimentos legais como multas em atrasa, IPVA sem pagamento ou DPVAT vencido.

Posso dirigir sem o CRV e o CRLV?

Enquanto o CRLV é considerado um documento de porte obrigatório, o registro não precisa estar com o condutor sempre que o mesmo estiver dirigindo.

Qual a diferença entre CRV e CRLV em questões de multas?

CRV

De acordo com o artigo 233 do Código de Trânsito Brasileiro, não transferir o veículo até o prazo de 30 dias após a mudança de proprietário é considerado uma infração grave com multa de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira do comprador.

embora não registrar o veículo até o prazo de 30 após a mudança de proprietário é considerado um infração grave, o CRV não é um documento de porte obrigatório, não podendo ser solicitado em uma blitz
Embora não registrar o veículo até o prazo de 30 dias após a mudança de proprietário é considerado um infração grave, o CRV não é um documento de porte obrigatório, não podendo ser solicitado em uma blitz

Além disso, todas as multas que o novo proprietário sofra enquanto a transferência não for feita, serão aplicadas ao antigo dono, o qual o nome ainda consta no CRV.

CRLV

De acordo com o artigo 230 do CTB, conduzir sem o veículo estar devidamente licenciado, ou sem o porte do documento, é considerado uma infração gravíssima com multa de R$ 293,47 e sete pontos na carteira, além da apreensão do veículo.

Agora que você entendeu a diferença entre CRV e CRLV, ficou mais fácil saber qual a finalidade de cada documento e quando eles devem ser renovados.

Em casos de atrasos ou vencimentos, não deixe de regularizar a sua situação para evitar multas de trânsito e pontos na carteira, além de juros que incidem sobre o atraso.

Pensando em trocar de carro ou comprar um novo? Venha conferir as oportunidades que separamos para você aqui no Superbid!

Meio ambiente – Bota pra Circular
Meio ambiente – Bota pra Circular
Teste Psicotécnico: tudo o que você precisa saber
Teste Psicotécnico: tudo o que você precisa saber

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.