Futuro da Bioenergia e Desafios do Setor: confira a participação da Superbid no 15º Congresso UDOP

Nos dias 6 e 7 de julho, a Superbid marcou presença no mais importante evento técnico do setor bioenergético do país, o 15º Congresso Nacional da Bioenergia, promovido pela UDOP. Em palestra, Jacqueline Luz, Diretora Comercial no Grupo Superbid, apresentou o sucesso da primeira etapa do projeto Agropeças que soluciona um dos maiores desafios das usinas sucroenergéticas: a gestão do estoque. 

Uma boa gestão de estoque viabiliza ajustes confiáveis no processo das usinas, resultando em redução de custo e aumento da produtividade e, consequentemente, uma atuação coerente no planejamento do processo produtivo, controlando níveis dos produtos estocados e minimizando o capital total investido. 

Confira um trecho da palestra de Jacqueline Luz no 15º Congresso Nacional da Bioenergia

Em uma jornada intuitiva e eficiente, o objetivo do Agropeças é digitalizar o estoque das usinas associadas à UDOP, trazendo uma resposta inovadora e estratégica para uma melhor gestão de estoque das usinas, bem como maior retorno financeiro para antecipar oportunidades, principalmente aos setores agrícola, automotivo e industrial. Desta forma, o Agropeças se destaca como um canal especializado para “girar” esse estoque de itens novos e sem uso, para que as usinas ganhem mais espaço em seus almoxarifados e recuperem parte do capital investido. Afinal, sempre existe alguém em busca da peça que está ocupando o espaço que as usinas precisam liberar. 

Para a Superbid, a participação no congresso foi fundamental – além de apresentar uma solução inovadora e estreitar relacionamento com as mais importantes usinas do Brasil, também amplia a relação com quem já anuncia na plataforma. Vendedores atuais estão cada vez mais seguros de que estão no caminho certo da gestão de seus negócios com mais eficiência. Para Tegne Félix, responsável pela área de suprimentos da Usina da Pedra, que já digitaliza seu estoque via Agropeças, o canal foi a resposta que a empresa buscava para escoar os materiais obsoletos: 

Assista com legendas! Depoimento do Tegne Félix, responsável pela área de suprimentos da Usina da Pedra.

Já para a Bioenergética Aroeira, localizada em Tupaciguara, Minas Gerais, o Agropeças foi a resposta que a usina buscava para tomar decisões de forma estratégica em relação a gestão do seu estoque. Confira o depoimento do Clebison Silva, encarregado da área de compras da Aroeira: 

Depoimento do Clebison Silva, encarregado de Compras da Bioenergética Aroeira

Luz afirma que os números do projeto piloto mostram que o setor bioenergético está engajado com uma agenda sustentável, na qual a economia circular e a inteligência no uso de recursos trazem impactos positivos tanto para as usinas, quanto para a sociedade e o meio ambiente. São esperados mais de 50 mil itens materiais, e transação superior a R$ 20 milhões.

Segundo Rosângela Bombonato, gerente de Tecnologia da UDOP, o entusiasmo com essa nova etapa do projeto é justificável. Ela destaca o grande interesse dos associados no projeto e a disrupção para venda dos itens sem uso nos almoxarifados com maior rentabilidade.

Conheça a loja Agropeças e os mais de 5 mil itens disponíveis: https://agropecas.superbid.net/

House Flipping: nova tendência de mercado de imóveis
House Flipping: nova tendência de mercado de imóveis
Meio ambiente – Bota pra Circular
Meio ambiente – Bota pra Circular

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.