O Grupo Superbid e Equipnet, que estão entre as principais empresas de desmobilização de ativos na América Latina, anunciam a formação de uma aliança estratégica e exclusiva para oferecer soluções completas de recolocação e venda de equipamentos industriais usados. A parceria visa ampliar ainda mais a atuação nos segmentos de alimentos e bebidas, farmacêutica e semicondutores, abrangendo operações no Brasil e na Argentina.

Ao longo de anos, Superbid e Equipnet se consolidaram como líderes na desmobilização de ativos e recuperação de capital para seus clientes através de recolocação ou venda destes equipamentos.

A expansão de serviços se dará pela consolidação da MaisAtivo, empresa de intermediação de venda de bens de capital e de consumo duráveis do Grupo Superbid, com a expertise da Equipnet nos setores de alimentos e bebidas, farmacêutico e indústria de semicondutores.

industria-alimentos-bebidas
Indústria de alimentos e bebidas é reforçada com a parceria

Para Paulo Scaff, CEO da MaisAtivo, a parceria abre novas perspectivas de negócios para os clientes das duas companhias: “A aliança ampliará a base de compradores ao redor do mundo e trará maior visibilidade para os ativos de nossos clientes na América do Sul, trazendo melhores resultados”, explica Scaff.

Na prática, os clientes vendedores que atualmente procuram as duas empresas para liquidar equipamentos usados e ativos excedentes passam a ter melhores condições de recuperar capital ao contar com um único ponto focal, independentemente da metodologia de venda utilizada.

“O benefício também se aplica aos compradores que estão em busca de adquirir um bem, quando consideramos que Superbid e Equipnet passam a contar com uma oferta ainda mais diversificada de produtos”, completa Rodrigo Santoro, CEO do Grupo Superbid.

 

Para Roger Gallo, CEO da Equipnet, a aliança das duas grandes companhias assegura melhores serviços e maior transparência aos clientes. “Com a qualidade de duas marcas já reconhecidas no mercado internacional e que atendem todas as práticas de governança e compliance, a performance no processo de compra e venda de ativos excedentes será ainda maior”, finaliza.

  sucata  

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui