As indústrias precisam de energia elétrica para realizar seus processos cotidianos. Isso é um fato. Mas o abastecimento de eletricidade por operadoras de energia nem sempre é o suficiente para abranger todo o suprimento necessário desse setor.

Pensando nisso, foram desenvolvidos os geradores para indústria para prover essa necessidade e fornecer energia em eventuais imprevistos.

O que acontece quando uma tempestade derruba postes elétricos? Ou quando a energia local está oscilante? Isso não significa que as atividades devem parar. Aliás, elas não podem parar independentemente das situações ou dos imprevistos que ocorrerem.

Principalmente considerando que, hoje em dia, os nossos principais bens de consumo, como alimentação, vestuário e meios de comunicação, são derivados da indústria.

Segundo dados de balanço realizado pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), o setor industrial brasileiro corresponde por, aproximadamente, 46% do consumo mundial de energia elétrica.

Por isso que para impedir o comprometimento das atividades industriais, é feita a utilização dos geradores de energia elétrica industrial.

Mas afinal, como essas máquinas funcionam, qual a sua importância, por que devo comprá-la? Para solucionar essas e outras dúvidas, confira o nosso texto.

O que são os geradores para indústria?

Os geradores para indústria são equipamentos robustos capazes de gerar energia elétrica para o local onde estão instalados em caso de quedas do fornecimento primário de energia, geralmente fornecida por hidrelétricas.

Considerando sua importância para o setor, seu padrão de concepção é muito elevado para que consiga ter um desempenho adequado.

Dois modelos de geradores para indústria, de cor laranja
Geradores para indústria são fundamentais para o não comprometimento dos processos em caso de algum imprevisto elétrico

De modo geral, fábricas apresentam um maquinário pesado que se alimenta de muita energia.

Os geradores para indústria são imprescindíveis em situações que necessitam do aumento do volume elétrico ou em falta de energia.

Funcionamento dos geradores para indústria

O funcionamento tem como base o princípio da indução eletromagnética. Toda a conversão acontece internamente, com o auxílio de dínamos, turbinas, rotores e computadores.

O processo funciona da seguinte forma: a energia mecânica inclusa na rotação do eixo em força do campo magnético produzido por um imã gira o rotor. Assim, será induzida uma tensão nos terminais dos enrolamentos.

Esse é o espaço onde estará conectado às cargas. Em seguida, a circulação de correntes elétricas é levada pelo dínamo (o gerador).

Existem diversos tipos de geradores industriais que trazem diferentes soluções e que requerem outras formas de combustível, por exemplo. Conheça alguns dos seus tipos a seguir.

Tipos de geradores industriais

Os modelos de geradores variam de acordo com voltagem, potência, tipo de combustível para funcionamento, modelos ou tamanho.

Todas essas variações existem para atender às necessidades da indústria, cuja potência indicada é a partir de 10 kVA a 2500 kVA.

O setor industrial também precisa de geradores do tipo trifásico, de até 480 volts, que ajudam a otimizar as condições elétricas que usarão a sua fonte.

Modelo de gerador industrial em funcionamento dentro de uma fábrica.
Os geradores para indústria podem ser movidos à gás, diesel e gasolina

Apesar dos tipos, todos os geradores precisam possuir alta capacidade energética e potência suficientes para suprir as demandas de energia.

As maiores diferenças entre os tipos de modelos de geradores industriais se referem ao tipo do combustível que utilizam, que podem ser divididos entre os modelos que funcionam a diesel, gás ou a gasolina.

Movidos a Diesel

Os modelos mais comuns do mercado, os movidos a diesel são muito resistentes, com baixos custos de manutenção e boa durabilidade.

Modelo de gerador para indústria movido à diesel, da marca Toyama, que opera à 62.5 KVA
Os modelos de geradores industrial movidos à diesel são os mais procurados do mercado

Eles também podem funcionar por até 30 mil horas sem necessidade de passar por manutenção.

Movidos a Gás

Um gerador movido a gás possui grandes vantagens em relação ao modelo que consome diesel: fácil aquisição, armazenamento de combustível e menor impacto ambiental. Entretanto, o custo é bem maior, ocupando mais espaço e exigindo manutenções a cada 6 mil a 10 mil horas de operação.

 

Movidos a Gasolina

Por fim, os geradores a gasolina são os mais baratos do mercado para aquisição, mas são os que mais pedem manutenções posteriores. Tudo isso por conta da gasolina, que deteriora as peças do motor e diminuem tempo de vida útil.

As maiores diferenças entre os tipos de modelos de geradores industriais se referem ao tipo do combustível que utilizam.

O armazenamento do combustível também traz alguns riscos de acidentes devido ao potencial explosivo ser maior que o do diesel, por exemplo. Por esse motivo, esses geradores não são utilizados em plantas industriais.

Vantagens de possuir um gerador para indústria

Como já dito anteriormente, é a energia elétrica que move praticamente a maior parte dos equipamentos industriais, como máquinas, computadores, esteiras e afins. Também é a energia que move as fábricas, hospitais, centros, entre outros.

Para que a produtividade nas indústrias siga contínua, é necessário adquirir um gerador com capacidade energética que consiga abarcar um processo inteiro de produção.

Confira outros pontos positivos que os geradores para indústria trazem:

1. Economia da energia em horários cruciais

O auge do consumo de energia, principalmente nas grandes cidades, acontece entre o período das 18h às 21h. Com um gerador de energia ativado nessa faixa horária, os níveis de consumo de energia elétrica são reduzidos.

O gerador também vai contribuir em até 30% na economia de energia para as indústrias. Além de fornecer economia nos gastos de energia elétrica e libertação de tarifas das operadoras, como impostos sobre o consumo e taxas e retransmissão, por exemplo.

2. Independência energética

Possuir um próprio gerador de energia garante independência energética a empresas, hospitais e indústrias. Com isso, serão sanadas eventuais preocupações a respeito de instabilidade na transmissão de energia da área, além do fornecimento de energia back-up em paradas temporárias das companhias para manutenção de redes.

3. Eficiência máxima

Com um gerador de energia é possível aproveitar sua capacidade de fornecimento energético ao máximo e ininterruptamente. Independentemente do propósito ou da ocasião.

4. Garantia de energia

Situações esporádicas, como interferência de energia, apagões, quedas de postes e afins não serão mais motivo de preocupação, pois o gerador conseguirá suprir toda e qualquer necessidade de consumo, seja a curto ou longo prazo, fazendo com que a produção interna industrial seja continuada. Isso vai garantir mais segurança e tranquilidade.

Demais vantagens:

  • Desligamento pode ser controlado automaticamente
  • Possibilidade de climatização nos ambientes de trabalho
  • Suporte a empreendimentos locais, em falta de energia
  • Geração de energia em locais sem abastecimento elétrico
  • Fornecimento de energia contínuo
  • Segurança e competitividade para a sua produção

Manutenção dos geradores para indústria

A manutenção regular dos geradores é fundamental para que as máquinas sigam operando em capacidade máxima e para prever possíveis prejuízos causados por equipamentos com mal funcionamento. Poeiras que se acumulam internamente, limpeza de canos, tubulação e níveis de combustíveis são algumas das prioridades em análise.

Para facilitar os serviços de reparação, a manutenção deve acontecer em período intercalado. Seja diário, semanal, mensal, semestral ou anual. Assim, sua funcionalidade jamais será prejudicada. Isso é fundamental pois, em indústrias, qualquer segundo sem energia pode ser extremamente prejudicial.

Mas atenção, todos os procedimentos de manutenção devem ser executados de acordo com as normas estipuladas pelo fabricante.

Conclusão

Como vimos, os geradores industriais são os melhores aliados para o setor, já que o fornecimento de energia é um fator primordial para um bom funcionamento. A indústria precisa de energia ininterrupta para que os trabalhos e atividades prossigam normalmente.

Uma falha nesses processos pode ser fatal, por isso a aquisição de um gerador é extremamente importante.

Investir nesse equipamento é uma forma garantida e econômica de abastecer constantemente máquinas e equipamentos, tornando o seu negócio mais competitivo.

Confira oportunidades para aquisição de geradores para indústria no Superbid!

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui