Mais de 20 anos de mercado. Líder no seu segmento. Perfeita para o trabalho e compacta para aventuras, o Fiat Strada chegou e agradou muito o brasileiro. Sucedendo a também badalada Fiorino – a “picapinha”, apelido das picapes pequenas no Brasil – o Strada foi responsável por diversas inovações no seu setor.

O Fiat Strada já teve versões com cabine dupla, teto solar, terceira porta, freios ABS e outros itens como destaques quando lançado. Além disso, é conhecido por ser uma picape de trabalho, com resistência e comodidade. Pensando nisso, preparamos este artigo com alguns motivos que fizeram do carro um dos melhores do Brasil.

Mais de 50 modelos FIAT 2018 e 2019 com baixa quilometragem e 25% de desconto sobre a tabela Fipe. Confira agora!

1. Inovações no mercado

O mundo dos carros não para. E por ser muito dinâmico, as inovações que os modelos trazem são destaques que perduram por anos, às vezes por gerações. E com o Fiat Strada não é diferente. E as já mencionadas inovações foram fundamentais para que o modelo se tornasse líder no seu segmento.

Modelo de 1999 que já contava com cabine estendida
Modelo de 1999 já contava com cabine estendida

A montadora italiana soube apostar e inserir tecnologias novas com as necessidades de quem usava o produto, utilizando pesquisas de mercado e considerando essas opiniões. A cabine estendida e o teto solar são destaques desse tópico.

Ao perceberem que muitos consumidores reclamavam e pediam um espaço para colocar algumas coisas pequenas na picape, a Fiat inseriu um espaço atrás do banco do motorista, estendendo a cabine e atendendo solicitações.

O teto solar trouxe charme, detalhe que chamou a atenção nos anos 2000.

2. Palio como espelho

O Strada usa como modelo o hatch Palio, ousado e inovador no seu lançamento. Com essa inspiração, a picapinha se impôs no mercado, conquistou consumidores e logo se tornou líder do segmento, assumindo a liderança no ano 2000, não largando o osso até hoje.

Com mais de 20 anos de história, o Fiat Strada é um marco no seu segmento para frotistas e empresas
Com mais de 20 anos de história, o Fiat Strada é um marco no seu segmento para frotistas e empresas

Na época de seu lançamento, o Fiat Strada contava com três modelos: Working 1.5 (76 cv), Trekking 1.6 8V (92 cv) e LX 1.6 16V (106 cv). A intenção da montadora era atrair diversos públicos, de jovens que buscavam picapes para viagens até o trabalhador de pequenos carretos, passando por empresas e pessoas que moravam no campo.

3. Versões Adventure e 1.8

Com um novo estilo que acompanhava seu espelho Palio, em 2001 saiu do forno um dos maiores sucessos quando o assunto é Fiat Strada: o Strada Adventure. Inspirada em jipes, ela tinha um visual agressivo, com suspensão elevada e um quebra-mato, que, por medidas de segurança foi retirado anos depois.

Em 2003 surge uma outra novidade que mostrava a importância da picapinha para a Fiat. Em uma aliança com a General Motors na produção de motores, a Fiat lançou o Strada com motor 1.8 Powertrain de 108 cv que já era utilizado em alguns carros da Chevrolet.

Com isso, surgia um modelo com mais potência para a categoria, que atendia às necessidades do seu público.

4. Conforto e segurança

Se para o trabalho e para o lazer o Strada vai bem, é necessário mencionar dois ingredientes fundamentais para esta receita de sucesso: conforto e segurança. A Fiat nunca esqueceu esses dois pontos nos projetos da picape pequena.

Com airbag duplo frontal e freios ABS desde seu lançamento, a montadora transmitia para seus consumidores a preocupação que tinha com a segurança do veículo. Enquanto o conforto era destaque nas atualizações e mudanças, com o próprio teto solar e adequações nos bancos como exemplos.

5. Legado da Fiorino

Se já sabemos que a próxima picape da Fiat virá baseada no seu subcompacto Mobi, não podemos deixar de mencionar o modelo anterior da montadora: a Fiorino. Ainda com modelos novos saindo das fábricas, a Fiorino veio antes do Strada, abrindo espaço para sua irmã.

Anteriormente, ela era baseada no Uno Mille e contava com a versão picape e também furgão. Agora, ela tem apenas os furgões como modelos. O motivo: a Fiat lançou como picape o Strada. Com isso, ela segmentou um nome para cada categoria, com espelhos diferentes (Uno e Palio), estratégia que funcionou muito bem no Brasil.

Strada Sporting tem o visual arrojado e esportivo
Strada Sporting tem o visual arrojado e esportivo

6. Reestilizações e atualizações de sucesso

Com estratégias que mudaram ao longo dos anos, a Fiat traçou um belo caminho para os Stradas lançadas. Todas suas reestilizações funcionaram e conquistaram seu segmento, chegando a ser o carro mais vendido do mês de março de 2015 entre todas as categorias, um feito memorável.

Ao todo são quatro reestilizações: 2002, 2004, 2008 e 2012.

E, com o passar dos anos, outras atualizações aconteceram como, por exemplo, o bloqueio eletrônico Locker, em 2008 e a estreia da cabine dupla no ano seguinte.

A Strada soube se atualizar com o passar do tempo, se tornando mais robusta e arrojada, como na versão Sporting, também em 2010. Em 2012 todas as versões passaram a ter a opção de cabine dupla e no ano seguinte surgiu a terceira porta invertida.

7. Variedade de opções

Com todas as reestilizações e atualizações constantes, o Fiat Strada se destaca também pela variedade de opções disponíveis tanto nos modelos atuais, quanto nos seminovos, que contam com procura elevada no país.

Modelos flex, Adventure, Working e Hard Working, Trekking, cabine dupla, simples, estendida e outras variações ajudam o consumidor a escolher o modelo perfeito para as necessidades pessoais ou de uma determinada empresa.

Variedade e estilo fazem parte da história do Fiat Strada
Variedade e estilo fazem parte da história do Fiat Strada

Ainda assim, alguns modelos se destacaram ao longo do tempo, se tornando fenômenos de vendas pelo país. Um exemplo recente é a Hard Working 1.4, que alcançou o expressivo número de 1 milhão de unidades vendidas no Brasil em 2014.

Além disso, o Fiat Strada é líder do segmento desde a virada do século, não perdendo a ponta em momento algum da sua trajetória. Um feito e tanto para um mercado tão acirrado quanto o brasileiro.

8. Custo-benefício

Versátil e resistente, o Strada conquistou o segmento com versões robustas, mas com bom preço. Sua confiabilidade é destaque também para revenda, já que ela perde pouco seu valor com o passar dos anos.

Tem como destaques sua caçamba, freios e motores, com várias opções e durabilidade aprovada por clientes. A suspensão e espaço interno também são mencionados por consumidores que aprovaram o Strada.

Modelo de 2013 que conta com porta invertida, a chamada terceira porta
Modelo de 2013 que conta com porta invertida, a chamada terceira porta

Todos esses itens, aliado aos mais de 20 anos de mercado, trouxeram para o Strada uma força enorme no mercado, o que a tornou uma casca grossa no segmento. E a liderança não trouxe acomodação, pelo contrário. É perceptível pelas mudanças disponibilizadas ano após ano que a Fiat soube evoluir sua picape pequena.

9. Beleza

Se o Strada serve tanto para o lazer, quanto para o trabalho, a beleza dela precisa estar na lista. Suas atualizações também foram pensadas nesse quesito e ela não desaponta seus consumidores.

Os modelos Adventure e Hard Working, por exemplo, contam com um visual agressivo e ousado que combinam tanto com o trabalho duro, como também com o lazer das cidades e passeios.

Se você está pensando em comprar um Fiat Strada para uso pessoal ou para a sua empresa, a hora é agora. O Superbid tem diversos modelos de Fiat Strada esperando por você!

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui