Como escolher a melhor autoescola
|

Dicas para escolher a melhor autoescola

Seja para tirar a primeira habilitação ou para fazer o curso de reciclagem, escolher a melhor autoescola é uma etapa importante para assegurar a qualidade do seu aprendizado.

Você sabe quais os critérios fundamentais a serem avaliados para tomar essa decisão? Confira a seguir 10 dicas para escolher a melhor autoescola.    

1 – Certifique-se de que a autoescola atende às suas necessidades

O primeiro critério que a autoescola deve atender diz respeito ao que você procura e precisa. É preciso checar se o estabelecimento oferece o serviço adequado às suas necessidades, especialmente se for o caso de cursos e provas de reciclagem, já que nem todas as autoescolas oferecem esse serviço. 

Passo para escolher uma boa autoescola

Há três categorias de CFCs (Centro de Formação de Condutores): os que possuem apenas o curso de formação teórico, aqueles que fazem apenas o exame prático, e os que oferecem exame teórico, prático e de reciclagem. 

Ao iniciar sua busca pela melhor autoescola, busque saber se as empresas candidatas disponibilizam o curso que corresponde ao que você procura.  

2 – Confira se a escola está regularizada e cadastrada no DETRAN

Após se assegurar de que a autoescola que você está interessado(a) de fato oferece o serviço que procura, é hora de conferir se o estabelecimento está regularizado e cadastrado no Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN). 

É essencial que seu funcionamento corresponda aos parâmetros da lei, evitando assim que você tenha quaisquer surpresas desagradáveis ao longo do processo. Para isso, é necessário que a instituição seja credenciada pelo DETRAN do seu estado, ou seja, que possua um alvará de funcionamento expedido pelo órgão. 

O alvará deve estar instalado dentro do próprio estabelecimento, em um local de fácil visibilidade para os clientes. Mas caso seja necessário, você pode solicitar o documento, observando a sua data de validade para que suas aulas sejam válidas. 

Diversos DETRANS disponibilizam em seus sites oficiais a informação referente ao credenciamento das autoescolas do estado. Vale acessar o site do DETRAN do seu estado e checar essa questão. Outra opção é ligar diretamente para a ouvidoria do órgão. 

3 – Informe-se sobre o índice de aprovação do estabelecimento

É claro que a sua aprovação nos exames depende principalmente de você e da sua dedicação, mas a qualidade do serviço oferecido pela autoescola pode interferir diretamente nesse resultado.

Questões como o método de ensino, a didática dos instrutores e até a infraestrutura da autoescola fazem toda a diferença. 

Como a contratação do serviço de autoescola geralmente envolve um investimento financeiro razoável, muitas pessoas esperam ser aprovadas logo na primeira tentativa, de maneira a não precisar desembolsar um valor extra no caso de reprovação.

Portanto, é importante pesquisar o índice de aprovação da autoescola, o que também pode ser feito através do site do DETRAN do seu estado. 

Fique atento(a) às autoescolas com índice muito baixo de aprovação, pois isso pode ser um indicativo de problemas com o método do ensino adotado pelo estabelecimento.

O site de cada DETRAN pode apresentar variações conforme cada estado, mas em geral você pode seguir o passo a passo a seguir para obter informações a respeito do índice de aprovação das autoescolas da sua cidade: 

  1. No site de busca de sua preferência, procure por “DETRAN + a sigla do seu estado”. Exemplos: DETRAN SP, DETRAN MG, DETRAN MA, etc.
  2. Ao acessar o site do DETRAN do seu estado, procure pela opção “autoescola” (pode estar dentro da área referente à educação). 
  3. Procure pelo campo de consultas. 
  4. Siga para o tópico “performance de autoescola” 
  5. Selecione a sua cidade e o bairro onde fica localizada a autoescola da qual você gostaria de obter informações. 

Seguindo esses passos, você deve acessar uma tabela com as autoescolas do perímetro selecionado, onde deverá constar o índice de aprovação de cada uma delas.

4 – Analise a infraestrutura oferecida pela autoescola

Observar as condições da autoescola é uma etapa importante ao conhecer os serviços da instituição.

Procure analisar as instalações da autoescola, antes de fechar contrato

Priorize um local que invista no bem-estar dos alunos, com instalações de ar condicionado ou ventiladores, limpeza em dia, cadeiras confortáveis e iluminação adequada.

Já que você vai passar 45 horas referentes à carga horária do curso teórico no local, é oportuno procurar por um ambiente confortável e que ofereça condições adequadas.

Vale lembrar que todas essas questões podem ser fundamentais para garantir o seu melhor desempenho. 

5 – Observe também as condições dos veículos utilizados nas aulas

Além de checar a infraestrutura da instituição, verifique se os veículos estão em bom estado de conservação e funcionamento, afinal as aulas e prova práticas serão realizadas nos automóveis oferecidos pela escola.

Veículos velhos e que apresentam sinais de desgaste podem pôr em risco a segurança do aluno, do instrutor e demais motoristas e pedestres, além de prejudicar a sua performance diante do volante e, consequentemente, o resultado final. 

Também vale a pena checar a disponibilidade de vagas para as aulas práticas com o automóvel escolhido, de modo que seja possível manter a periodicidade em todas as etapas para obter o melhor resultado.  

6 – Certifique-se de que a autoescola conta com instrutores qualificados

Para se tornar um instrutor de trânsito, é preciso ter a carteira de habilitação há pelo menos dois anos, ser maior de 21 anos, ter ensino médio completo, ser aprovado em avaliação psicológica para fins pedagógicos e, por fim, realizar um curso de capacitação para instrutores em instituição de ensino credenciada ao DETRAN, além de ser aprovado(a) no mesmo.

Isso tudo é exigido pois o curso teórico é uma etapa fundamental na formação de um condutor. Além disso, ser instrutor de autoescola envolve muita responsabilidade.

Categoria leilão de motos

Por isso é fundamental se informar a respeito da qualificação dos instrutores da autoescola na qual você tem interesse em fazer as aulas. Essa é mais uma informação que pode ser facilmente conferida através do site do DETRAN. 

Procure saber também acerca da didática utilizada pelo professor, os métodos aplicados em sala de aula e como as aulas são ministradas.

Caso deseje, você tem a opção de solicitar assistir uma aula experimental do curso teórico para ter uma pequena amostra de como funciona, o que pode facilitar a tomada de decisão antes de fechar o negócio. 

7 – Fique atento aos valores 

Ao procurar por um serviço, o valor geralmente é um dos principais critérios utilizados para tomar a decisão, mas no que diz respeito à escolha de uma autoescola, o menor preço não deve ser prioridade.

Realizar uma pesquisa e comparação de preços é válido, mas é preciso avaliar principalmente o custo-benefício. 

Desconfie de estabelecimentos que ofereçam preços muito inferiores à média do mercado, pois isso pode indicar que algo pode estar abaixo da qualidade desejada.

Analise os valores cobrados e entenda a finalidade das prestações

Vale lembrar que manter uma boa estrutura, uma frota de veículos eficientes, gerir uma empresa de maneira adequada e pagar o salário de bons instrutores exige um bom investimento por parte da instituição. 

Além disso, atente para as taxas que serão pagas referente ao DETRAN. Para fugir de taxas abusivas, o ideal é se informar sobre o preço de tabela das taxas cobradas pelo DETRAN do seu estado.

Dessa forma, é possível identificar qualquer discrepância entre esses valores com os que serão cobrados pela autoescola. 

8 – Consulte outros alunos da autoescola

Um serviço de qualidade e de confiança deve ser prioridade na hora de tomar uma decisão como a escolha de autoescola. Sendo assim, recorrer à opinião de outros alunos da instituição pode ser decisivo para te ajudar a resolver um impasse.

A primeira CNH da um certo receito a todos, por isso é bom ficar atento a esses pontos, perguntar para todos que fazem aulas naquela autoescola para se certificar de como ela funciona.

Se você não conhece outras pessoas que tenham frequentado a autoescola do seu interesse, você pode recorrer às redes sociais para se informar a respeito. Sites como o do Procon e Reclame Aqui são boas alternativas para ter acesso às reclamações feitas pelos clientes. 

9 – Fique atento aos prazos para agendamento dos exames

Antes de fechar o negócio, procure se informar a respeito do tempo que a autoescola leva para marcar os exames dos alunos. Essa é uma questão importante à qual se atentar pois se trata de uma das principais reclamações dos alunos e clientes desses estabelecimentos.

O exame psicotécnico é o primeiro teste para saber como a autoescola funciona. 

É importante que você não precise aguardar muito tempo após a realização das aulas teóricas para enfim realizar o seu exame, em seguida podendo iniciar as aulas práticas para então fazer o exame prático.

Um longo tempo de espera entre essas etapas pode prejudicar o seu desempenho devido ao ritmo truncado de aprendizado.

Uma das consequências disso acaba sendo a necessidade de marcar aulas práticas extras em uma data próxima à da avaliação, para sentir-se mais seguro para realizá-la. 

Fique atento a esses prazos, pois você tem o prazo de até um ano para concluir todas as etapas exigidas. 

10 – Analise as formas de pagamento oferecidas

Algumas autoescolas optam por trabalhar de modo a passar valores separados para cada etapa do processo e, em seguida, o valor do pacote completo, geralmente com algum desconto atrativo. 

O mais indicado nesse caso é considerar o pagamento de cada etapa ao invés do pagamento total do pacote. Uma vez que você paga por todas as fases do serviço, a empresa fica isenta de devolver o seu dinheiro caso algum problema apareça durante o processo. 

Se o aluno por algum motivo quiser trocar de CFC, pode fazê-lo. Mas caso o pagamento do pacote tenha sido realizado, a empresa pode optar por não devolver o valor referente à essa etapa. Sendo assim, pagar por cada etapa separadamente é a melhor e mais segura opção. 

11 – Exija um contrato 

O contrato referente à prestação de serviços é um direito do aluno e um dever da autoescola, segundo o artigo 26 da Resolução 358 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN).

Exija um contrato assim que você fechar o negócio, peça por uma cópia datada e assinada para evitar problemas futuros e solicite também a emissão de notas fiscais referentes aos pagamentos. 

Nesse documento, é necessário que constem todos os serviços e valores, além de algumas especificações do curso como o período, horário, condições, frequência exigida, prazo de validade do processo e forma de pagamento. 

Dica extra: após conseguir sua CNH, é hora de conquistar seu carro!

Agora que você já passou por todas as etapas da autoescola e obteve sua tão sonhada habilitação, que tal seguir para o próximo passo e investir no seu próprio carro? 

Leilões virtuais são uma opção prática e segura para conseguir o seu primeiro carro. Hoje em dia, os veículos de leilões são as formas mais baratas de conseguir um bem em ótimo estado e abaixo da tabela fipe.

Algumas precauções devem ser tomadas, como checar a reputação do site, e conferir no site do DETRAN se o leilão está sendo processado pelo leiloeiro designado pelo órgão. 

Para mais conteúdos e dicas, acesse o blog Superbid e fique a par de tudo!

Meio ambiente – Bota pra Circular
Meio ambiente – Bota pra Circular
Teste Psicotécnico: tudo o que você precisa saber
Teste Psicotécnico: tudo o que você precisa saber

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.