Plataformas elevatórias: entenda sobre o assunto

Plataformas elevatórias: tudo o que você precisa saber

Dentro do ramo de engenharia e de diversas outras indústrias, as plataformas elevatórias são partes fundamentais do negócio.

Porém, para quem não está envolvido diretamente com esses mercados, talvez não conheça tanto sobre as plataformas elevatórias. De forma simplificada, podemos dizer que elas são elevadores industriais que possuem uma plataforma de trabalho, sendo encontrados em diversos modelos e formatos.

Neste conteúdo, a Superbid Exchange explica tudo sobre as plataformas elevatórias e como elas são essenciais em indústrias e no ramo de construção civil. Continue a leitura do artigo para saber mais!

O que são as plataformas elevatórias?

As plataformas elevatórias são basicamente elevadores industriais que são construídos por uma plataforma de trabalho assentada em cima de uma estrutura elevatória deformável. Elas podem ser encontradas em três tipos diferentes: plataforma articulada, tesoura e telescópica.

Além dos modelos, podemos também classificá-las de acordo com o combustível, podendo ser movidas a eletricidade ou a diesel.

Para entender melhor sobre elas, abaixo, você confere os modelos que existem com uma breve explicação sobre eles.

Plataformas elevatórias: modelo articulado

A plataforma articulada, primeiramente, pode ser utilizada em ambientes internos e externos. Porém, os pisos para locomoção precisam estar regulados e alinhados, assim, o desempenho do equipamento será bem melhor e sem riscos aos usuários.

Leia também: Estruturas metálicas em edifícios: entenda tudo

Quando falamos de trabalhos mais complexos, essa é a plataforma mais indicada, pois ela tem lanças que permitem um alcance lateral maior, fazendo com que seja possível contornar obstáculos e atingir alturas maiores.

De fato, esse modelo torna um trabalho relativamente complicado em algo mais simples, prático e descomplicado. 

Plataforma tesoura

Já a plataforma tesoura é um outro modelo de plataformas elevatórias que encontramos no mercado. Ela recebe esse nome devido ao mecanismo responsável por levantar a base de trabalho, que se move como se fosse uma tesoura fazendo um recorte.

A plataforma tesoura recebe esse nome devido ao mecanismo responsável por levantar a base de trabalho, que se move como se fosse uma tesoura fazendo um recorte.

A altura máxima que ela consegue atingir não ultrapassa os 12 metros, sendo mais indicada para instalações estruturais, como os serviços de rede de telefonia, ar-condicionado, linhas de incêndio, peças de comunicação visual como letreiros e fachadas, linhas de manutenção e estoques.

De fato, a plataforma tesoura tem um uso mais amplo diante de outras plataformas elevatórias e pode suportar até 150 quilos com folga e a extensão em sua cesta pode chegar a 1,2m x 2,3m. 

Leia também: Tudo sobre a Transformação Digital nas Indústrias

Plataforma Telescópica

Já a plataforma do tipo telescópica possui uma lança telescópica que permite um acesso rápido a qualquer zona de trabalho. Porém, diferente das plataformas elevatórias que citamos acima, ela não oferece tanta articulação, mas acaba tendo um alcance maior, o que facilita o trabalho de manutenção.

Aliás, é justamente por conta dessa facilidade que esse modelo de plataforma foi criado.

De fato, ela é ideal para qualquer tipo de manutenção em alturas elevadas, como estruturas de galpões, armazéns e fábricas. Além disso, serve para todos os tipos de locais que exigem trabalho, como citado anteriormente.

Contudo, é importante levar em conta a sua escolha, pois os tipos diferentes de plataformas elevatórias, servem para cada finalidade.

Contudo, é importante levar em conta a sua escolha, pois os tipos diferentes de plataformas elevatórias possuem diferentes finalidades. Ou seja, se você deseja uma dessa para sua empresa ou obra, analise a que a melhor se encaixa em suas necessidades.

Para mais conteúdos e informações sobre o assunto, clique aqui e acesse o blog Superbid!

Plataformas elevatórias: Tudo o que você precisa saber
Plataformas elevatórias: Tudo o que você precisa saber
Checklist para utilização de plataformas elevatórias
Checklist para utilização de plataformas elevatórias

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *