os produtos em giro nada mais são do que os itens que ficam parados em estoque

O que fazer com mercadoria que não vende? Estratégias para aumentar o faturamento e capital de giro

Ter um estoque com mercadoria que não vende pode ser um problema muito sério para as empresas, sejam elas de pequeno, médio ou grande porte. Afinal, tudo o que fica parado dentro do estoque representa um dinheiro investido da empresa que não está gerando retorno e em alguns casos, pode até causar despesas e prejuízos. Mas o que pode ser feito com mercadoria que não vende?

As mercadorias sem movimentação no estoque podem ter diversas causas diferentes, e em muitos casos, um pequeno ajuste na gestão pode ser o suficiente para evitar que o problema não ocorra novamente.

Porém, para isso, primeiro é necessário lidar com os produtos que já estão sem saída e tentar zerar o estoque de itens sem giro e então começar uma gestão para evitar que isso volte a acontecer.

Cadastre-se no site

Pensando em lhe ajudar a evitar o prejuízo por perdas, separamos um post com algumas dicas. Veja logo abaixo!

O que fazer com mercadoria que não vende?

Entenda o motivo do produto não vender

O primeiro passo para movimentar o estoque parado é entender porque a mercadoria não teve saída. Afinal, é só a partir dessa informação que você será capaz de aplicar estratégias para conseguir movimentar as mercadorias sem giro.

O que fazer com mercadoria que não vende? Faça uma avaliação do motivo de determinados itens não terem giro dentro da empresa
Faça uma avaliação do motivo de determinados itens não terem giro dentro da empresa

Por exemplo, se você descobre que o produto X não está tendo uma boa saída porque não é compatível com seus clientes, você terá duas alternativas: atrair um novo público para esse produto por meio das redes sociais ou anúncios, ou então ajustar o preço para os seus clientes atuais.

Em casos específicos, os preços dos produtos podem não estar ajustados com o mercado da sua cidade e sua margem de lucro pode ser muito alta. Nessas situações, você deverá diminuir relativamente sua margem para que o preço de venda se aproxime dos preços da concorrência.

Faça promoções

Quando seu produto não tem saída, uma ótima forma de movimentar o estoque que está sem movimentação é aplicando algumas ofertas em datas especiais ou até mesmo promovendo um evento de queima de estoque.

Assim, além de recuperar o investimento da empresa naqueles itens, você ainda abre espaço no estoque para novos produtos que darão um retorno melhor para a empresa.

Leia também Por que o estoque parado é um grande problema para sua empresa?

Algumas promoções que rendem bons lucros para as empresas são:

  • pague 2 leve 3;
  • 30 a 50% de desconto;
  • tudo por R$50 – desde que a margem de lucro ainda seja viável para a empresa.

Mercadoria que não vende: Crie combos!

Além das promoções, outra estratégia que costuma aumentar o faturamento da empresa e ajudar a zerar o estoque parado é criar kits com os produtos que não têm saída e combinar aqueles que saem com mais facilidade. 

Por exemplo, um sapato de R$200 que vende bem e um sapato de R$180 que está parado podem formar combos de R$320 – é importante fazer o cálculo para que mesmo com as promoções dos combos a empresa ainda tenha uma boa margem de lucro e não saia no prejuízo.

alguns combos de produtos sem saída com produtos campeões de vendas pode ser uma boa estratégia de alavancar o faturamento. De fato, essa acaba se tornando uma forma de dispensar mercadoria que não vende de maneira mais direta.
Alguns combos de produtos sem saída com produtos campeões de vendas pode ser uma boa estratégia de alavancar o faturamento

Esses combos podem ser usados inclusive para promoções específicas de datas comemorativas como natal, dia dos pais, dia das mães, dia dos namorados etc.

Agregue valor ao produto

Muitas vezes os produtos ficam parados no estoque porque o cliente não vê valor naquilo que você está vendendo. Para resolver esse problema, você pode fazer alguns ajustes para aumentar o valor agregado dos itens, como por exemplo: mudar uma embalagem, criar uma boa narrativa, fazer fotos e vídeos que deixem os clientes encantados etc.

Se você vende peças de joias, roupas ou sapatos, pode fazer vídeos e fotos de modelos usando as peças. Se comercializa produtos alimentícios, faça vídeos e fotos mostrando suas mercadorias de forma que desperte desejo no cliente.

Em casos de maquinários, use sua criatividade para criar vídeos que ensinam aos clientes como usar aqueles equipamentos e quais benefícios ele poderá trazer no dia a dia.

Cadastre-se no site

Crie brindes

Muitas empresas crescem e duplicam o faturamento apenas oferecendo brindes para os clientes que compram com eles, e você pode usar um produto que está parado no estoque para essa estratégia.

Embora possa soar como prejuízo, oferecer produtos sem giro para seu cliente em forma de brinde é um investimento importante para fidelização dos consumidores, e com certeza lhe trará mais benefícios do que se o produto estragasse ou se deteriorasse no estoque por ficar muito tempo sem saída.

Você ainda pode criar programas de fidelidade com assinatura ou condições especiais para seus clientes recorrentes, e oferecer brindes dentro desse programa. Com isso, seu lucro não será imediato, mas o faturamento da empresa tem uma tendência maior a aumentar a longo prazo.

Organize sua loja de forma estratégica

Mesmo que muitas pessoas não saibam, as lojas e especialmente os supermercados são organizados de forma estratégica para fazer com que você gaste mais quando está lá dentro. Os produtos que ficam no caixa, por exemplo, são uma forma de aumentar o ticket médio dos clientes como chicletes, balas e chocolates. 

Já os produtos que ficam nas primeiras gôndolas e na altura dos olhos, tendem a ter um preço de venda maior e são os que a empresa quer vender mais rápido naquele momento, além de possivelmente serem os mais lucrativos.

Mercadoria que não vende: posicione os produtos em lugares estratégicos dentro da sua loja
Posicione os produtos em lugares estratégicos dentro da sua loja, assim você induz o consumidor a comprar aquele produto

Se você tem uma loja física, organize seus produtos que tem pouca saída de forma estratégica. Produtos menores e de valor mais baixo podem ser usados para aumentar o ticket médio se for posicionado perto do local de pagamento, enquanto os produtos maiores podem ser colocados logo na entrada da loja com um grande cartaz de desconto.

Venda online

Você sabia que é possível potencializar suas vendas usando o digital a seu favor? Essa pode ser uma excelente forma de fazer com que seus produtos sem giro sejam vendidos e deixem de ocupar o lugar no estoque, especialmente se você optar pelos marketplaces.

Dentro desses sites, existem vários lojistas que anunciam seus produtos online, e como a plataforma já possui seus consumidores e visitantes próprios que estão sempre em busca de novos produtos, fica mais fácil conquistar novos clientes por menos esforço.

Além disso, você também não precisará se preocupar em montar um site próprio online, especialmente se não tiver experiência com o mundo digital.

Faça uma degustação

Caso você comercialize produtos alimentícios, também é uma ótima estratégia promover eventos de degustação dos itens que estão parados e próximos da data de vencimento, evitando que eles acabem estragando e ajudando a atrair mais clientes.

Você também pode fechar parcerias com empresas de segmentos semelhantes ao seu para oferecer brindes.

Por exemplo, se você comercializa joias ou semijoias, poderá oferecer peças mais em conta como anéis e pulseiras como brinde em um evento de lançamento de uma loja de roupas.

Evite que isso volte a acontecer

Além de usar as dicas para ajudar a movimentar a mercadoria que não vende, você também deve se atentar para que isso não volte a acontecer. Afinal, quanto mais mercadorias ficam paradas, maiores podem ser os prejuízos para as empresas.

Ao notar que um produto não vende bem e você precisa se esforçar muito para vendê-lo, pode ser uma boa estratégia tirá-lo do catálogo da empresa e substituí-lo por outro item ou o mesmo item de outra marca.

Também é essencial ficar de olho nas datas de validade dentro do estoque para que não aconteça de lotes com vencimento mais longos serem vendidos primeiro do que os lotes que vencem mais rápido do mesmo produto.

fique de olho para que isso não volte a acontecer, e seu estoque não fique parado novamente
fique de olho para que isso não volte a acontecer, e seu estoque não fique parado novamente

Por exemplo, você comprou 2 lotes de achocolatados: um que vence daqui 2 meses e outro que vence em 10 meses. Sem a gestão do estoque, você notou que acabou comercializado primeiro os produtos do lote com data de vencimento para daqui 10 meses, ficando com vários produtos muito próximos do vencimento.

Outra dica é sempre se atentar ao vencimento do lote na hora de fazer a compra com o fornecedor, e dar preferência para produtos que com data de validade para daqui a 3-4 meses ou mais.

Agora que você viu o que fazer com mercadoria que não vende, e que é possível usar o estoque parado como forma de alavancar suas vendas, não deixe de usar nossas dicas para aumentar seu faturamento no final do mês e evitar prejuízo.

Cadastre-se no site

É importante ressaltar que quanto mais tempo o estoque fica parado, maiores os prejuízos para a saúde financeira da sua organização.

Veja todas as possibilidades e vantagens de vender no Marketplace da Superbid e movimentar seu estoque parado. Acesse a página de Vendas e confira todas as informações.

Plataformas elevatórias: Tudo o que você precisa saber
Plataformas elevatórias: Tudo o que você precisa saber
Checklist para utilização de plataformas elevatórias
Checklist para utilização de plataformas elevatórias

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.