A fim de captar recursos para organizações que atuam em diferentes frentes, como o acolhimento de crianças e adolescentes em situações vulneráveis ou projetos que incentivam o esporte como resgate social, os leilões beneficentes atraem público tanto pela filantropia quanto pela variedade na oferta de produtos e experiências.

Desde sua criação, o Superbid é parceiro de várias entidades, como Make a Wish, Santa Fé, GRAAC, APAE, AACD e Instituto Neymar Jr., atuando como ferramenta de seus leilões e, quando estes envolvem grandes eventos, incentivando colaboradores a se voluntariarem como apoio.

Os leilões beneficentes oferecem, especialmente, lotes de bens de consumo ou experiências. Ao longo desses anos, o Superbid já leiloou, por exemplo, uma edição limitada da Karlbox Faber Castell, edição especial de lápis de cor da marca; telas de obra de arte; ingressos para festivais de rock; diárias em hotéis; camisas de clubes de futebol autografadas; e encontros com artistas, como Anitta, Marília Mendonça e a dupla Maiara & Maraisa.

Leilões beneficentes: time da Superbid voluntário no leilão presencial da ONG Santa Fé
Time do Superbid voluntário no leilão presencial da ONG Santa Fé

 

Colaboradores da Superbid atuam como voluntários no Gala Make a Wish.
Colaboradores do Superbid atuam como voluntários no Gala Make a Wish.

De acordo com o Diretor Financeiro e Administrativo do Superbid, Fabio Mazza, o valor total arrecadado nessa modalidade de leilão cresceu mais de dez vezes nos últimos oito anos. Além disso, com o alcance cada vez maior, a procura de entidades pelo leilão como captação de recursos quintuplicou no mesmo período.

André Villac foi um dos clientes que arrematou uma experiência em um leilão beneficente. Dentre as ofertas da ONG Santa Fé, que atua acolhendo crianças e adolescentes em situações de risco, o engenheiro comprou um coach de estilo com Lolô Ascar, para presentear sua namorada, e uma aula de tênis para sua mãe. “Acho muito bacana leilões de experiências, já arrematei também viagens e jantares”, conta André.

Já o comerciante Diego Alvarez Maciel participa dos leilões do Superbid há 15 anos e não perdeu a oportunidade de adquirir uma camisa autografada pelo jogador de futebol americano Tom Brady e um par de tênis autografado por Michael Jordan e Neymar no leilão do Instituto Neymar Jr:

“O leilão é uma adrenalina! Já acompanho o futebol americano e também sou fã do Michael Jordan. A camisa será emoldurada e o tênis será colocado em um cubo de vidro”, declara o comerciante com orgulho.

Para a vencedora do encontro especial com Anitta no mesmo leilão, Daniela Gaislar, a possibilidade de ajudar uma causa ao arrematar uma experiência com a artista a motivou ainda mais a participar do leilão.

Daniela Gaislar arrematou um encontro com Anitta
Daniela Gaislar arrematou um encontro com Anitta nos bastidores do “Música Boa ao Vivo”

O encontro aconteceu nos bastidores do programa “Música boa ao vivo”, do canal Multishow, onde a analista de comércio exterior também teve a oportunidade de conhecer Claudia Leitte, como ela relembra: “Acompanhamos os bastidores do programa e tivemos a oportunidade de ficar no camarim enquanto a Anitta se arrumava, conversamos com ela e fomos muito bem tratados. Valeu a pena!”

Em média, o Superbid realiza 8 leilões beneficentes por ano e toda a renda arrecadada, inclusive a comissão do leiloeiro, é revertida para a entidade do leilão.

Você também ajudou uma causa arrematando itens raros e experiências inesquecíveis? Conte-nos como foi!

 

  sucata  

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça seu comentário
Por favor entre com seu nome aqui