Dok Despachante: o maior despachante online do Brasil!

Entrevista DOK Despachante: Entenda sobre a documentação de veículos de leilão!

A DOK Despachante é uma prestadora de serviços que tem crescido bastante nos últimos tempos. Ela surgiu como meio de facilitar a vida das pessoas que, ao invés de irem até um despachante, podem fazer isso de forma online e segura.

A Superbid está com um novo modelo de conteúdo que chamamos de entrevista com o especialista. Nele, procuramos especialistas no assunto para bater um papo, contar um pouco a sua história e sanar algumas dúvidas em relação a algo específico, nesse caso, sobre documentos em geral e de veículos de leilão.

Continue a leitura para saber mais sobre o assunto com o especialista em serviços de despachante online do Brasil, a DOK Despachante!

O que é e como funciona a DOK Despachante?

O Detran é um dos lugares em que as pessoas, só de pensar, já ficam com dor de cabeça, pois sabem da burocracia que é quando precisam resolver algum problema presencialmente. 

Principalmente, quando falamos em um período delicado como esse que vivemos, onde os serviços passaram a funcionar de outra forma para não ter aglomerações.

Dok Despachante: o maior despachante online do Brasil!

Percebendo essa alta burocracia que havia de resolver qualquer serviço no Detran e centrais de pagamentos de débitos e emissão de documentos, uma empresa teve uma ideia de desburocratizar isso.

De fato, isso fez com que as pessoas passassem a considerar que era possível resolver os seus problemas direto pela internet.

A DOK Despachante é o maior despachante online do Brasil. Ela é uma plataforma que facilita tanto em grande agilidade, quanto em formas de pagamento diferenciadas para os débitos e multas dos veículos, sem precisar ir diretamente em um Detran.

Apenas com a placa, o cliente consegue saber de forma rápida e direta como está a situação atual do carro, quais são os débitos pertencentes ao seu veículo de forma completamente gratuita e em poucos segundos.

Após isso, é só escolher a forma de pagamento que é mais confortável e entre elas estão:

  • Boleto;
  • Cartão de crédito e débito;
  • Boleto e cartão de crédito;
  • Ou múltiplos cartões para a mesma operação.

Com isso, o novo documento do veículo chega em casa nos próximos dias, sem precisar que a pessoa saia de casa e enfrente fila para resolver. Tudo é feito em apenas 5 minutos com a Dok Despachante.

Uma empresa que está no mercado há 15 anos e se tornou pioneira nos serviços online, oferece um atendimento de ponta e todos os casos são feitos com muita cautela e agilidade. Com isso, a experiência do cliente fica sendo o maior diferencial da empresa.

Documentação de veículos de leilão: a DOK Despachante responde!

Como a maior especialidade da Superbid são os leilões, nada mais justo do que trazer um especialista que pode explicar como funciona a parte de documentação de veículos.

Diversas pessoas têm dúvidas em relação ao assunto e nós falamos com o especialista Matheus Packs, gestor da DOK Despachante, para esclarecer isso para todos. Confira!

1. Veículos de leilão tem algum apontamento no documento?

Os veículos de leilão não têm apontamento no documento. Porém, através de laudos cautelares e de vistoria é possível identificar essas informações e confirmar que ele teve passagem por leilão.

Uma informação que pode aparecer no documento é se o veículo foi sinistrado, ou seja, se envolveu em um acidente e a gravidade do dano foi considerada de “média monta”.

2. O que é um veículo “média monta” e porque, geralmente, ele é abaixo da tabela?

Veículo de “média monta” é aquele que se envolveu em um acidente e os danos foram considerados como médios e o custo de reparo é intermediário.

Os danos considerados de média monta são aqueles nas peças externas, mecânicas e estruturais. São danos médios, ou seja, não são pouco relevantes, mas também não são graves.

Dok Despachante: o maior despachante online do Brasil!

Os veículos com danos de média monta só podem voltar a circular após realizar uma inspeção de segurança e obter o Certificado de Segurança Veicular. Geralmente os valores são abaixo da tabela porque o veículo já se envolveu em um acidente de trânsito.

3. Quais documentos são necessários para fazer a transferência de um veículo?

Os documentos necessários para a realização da transferência são:

  • CRV assinado pelo comprador e vendedor com reconhecimento das assinaturas em cartório;
  • Documentos pessoais do comprador (RG e CPF ou CNH);
  • Comprovante de endereço recente do comprador;
  • Laudo de vistoria.

4. O que é um veículo com sinistro recuperado ou RS no documento?

É um veículo que se envolveu em um acidente e que os danos foram considerados de média monta e que hoje já se encontra recuperado, ou seja, já passou pela inspeção de segurança.

5. Qual é a diferença entre IPVA e Licenciamento?

Ambos são débitos obrigatórios que os proprietários de veículos devem pagar anualmente.

Enquanto o IPVA é um imposto que incide sobre a posse do bem, o licenciamento é uma autorização para que você possa andar com seu veículo sem ter problemas.

Para pagar o licenciamento, todos os débitos do veículo devem estar quitados, como o próprio IPVA, por exemplo.

Dok Despachante: o maior despachante online do Brasil!

Uma curiosidade é que, embora o IPVA seja mais caro, atrasá-lo não o impede de utilizar o veículo; mas atrasar o licenciamento pode fazer com que o veículo seja guinchado em uma blitz, sem contar que circular com o licenciamento atrasado é considerado infração gravíssima.

6. Pequena monta também consta do documento do veículo?

Pequena monta não consta no documento, pois em razão da menor gravidade do acidente em que ele se envolveu, não é necessário realizar uma inspeção veicular. Ou seja, basta apenas reparar o veículo e voltar a andar.

7. Qual a diferença do CRLV-e e do ATPV-e?

CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo – é o documento de rodagem, aquele emitido após o pagamento do licenciamento e que autoriza o uso do veículo nas ruas brasileiras.

ATPV – Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo – é o documento que substitui o extinto CRV, que era chamado popularmente de recibo de compra e venda. Basicamente o ATPV é o documento usado para transferir o veículo agora.

E o “e”, no final de ambos os documentos, é a letra que significa que esses documentos são eletrônicos, ou seja, são documentos digitais.

Com algumas das questões mais importantes em relação aos veículos, são só de leilão, como comprados em agências ou particulares, fica mais fácil entender algumas coisas no documento. 

A DOK Despachante mostra que entender mais sobre o assunto é possível, quando um especialista explica de maneira simples e direta.

Portanto, se está procurando um despachante e não tem tempo disponível, resolva os seus serviços online rápido com a DOK Despachante.

Em poucos minutos é possível legalizar o seu veículo e receber o documento novo em casa! Para mais dicas relacionadas ao mundo dos veículos, clique aqui e acesse o blog Superbid!

Gás natural é a melhor opção: Tudo sobre o assunto
Gás natural é a melhor opção: Tudo sobre o assunto
Tudo sobre rastreamento de carga
Tudo sobre rastreamento de carga

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.