Desmobilização de ativos imobiliários: como funciona?

Desmobilização de ativos imobiliários: como funciona?

O processo de desmobilização de ativos imobiliários não é algo tão simples assim. A Avaliação de ativos imobiliários, caso tenha algum erro, pode acabar sendo crucial para a empresa, acarretando prejuízos enormes.

No geral, a desmobilização de ativos ocorre quando um terreno ou prédio não apresenta mais utilidade para a empresa. Ou seja, para que ela não fique arcando com os custos de um imóvel sem uso, ela precisa se desfazer do ativo para incrementar o dinheiro no caixa da organização.

Para entender melhor como funciona, nós trouxemos um conteúdo completo que explica sobre o assunto, de forma simples e direta. Continue a leitura do artigo para saber mais!

O que é desmobilização de ativos?

A desmobilização de ativos é um termo que indica a venda desses ativos. Ou seja, ela ocorre quando uma empresa se desfaz de bens que são considerados ativos no negócio, e que estavam sob sua propriedade e gestão.

A desmobilização de ativos é um termo que indica a venda desses ativos.
A desmobilização de ativos é um termo que indica a venda desses ativos.

De modo geral, esse procedimento é feito quando a empresa enfrenta algum problema interno financeiro e para evitar buscar financiamentos, acaba vendendo alguns bens como forma de levantar capital. 

Além disso, também é feito quando as organizações renovam suas máquinas e equipamentos, e precisam de espaço para abrigar as novas aquisições.

Nesse caso, os bens que não são mais usados na empresa, podem ser vendidos e acabam se tornando uma fonte de lucro para ela. Porém, para fazer uma oferta de venda, é necessário, antes de tudo, fazer uma avaliação de ativos. Com isso, é possível determinar qual o preço justo de venda dos bens.

Como ocorre a avaliação de ativos?

A avaliação de ativos tem como objetivo adequar o valor dos bens à realidade do mercado. Essa também objetiva ajustar sua vida útil e confirmar se os mesmos não estão contabilizados com valor superior ao valor recuperável.

Mas para chegar ao valor do ativo, é necessário considerar várias variantes. Algumas delas são o estado de conservação do bem, caso seja uma máquina ou equipamento, sua localização, em caso de imóveis, capacidade produtiva, frequência de manutenções, entre outros pontos.

Nesse sentido, é de fundamental importância que a avaliação de ativos seja feita por uma equipe multiprofissional, e preferencialmente registrados no CREA (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia).

É necessário ainda atender às exigências da NBR 14.653 da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) para realizar a avaliação de ativos minuciosamente, a fim de evitar enganos.

A avaliação de ativos tem como objetivo adequar o valor dos bens à realidade do mercado. Assim todos saem ganhando com a desmobilização de ativos imobiliários sendo feita da maneira correta
A avaliação de ativos tem como objetivo adequar o valor dos bens à realidade do mercado. Assim todos saem ganhando com a desmobilização de ativos imobiliários sendo feita da maneira correta.

Avaliação de imóveis

A avaliação de imóveis é a forma de determinar o valor do seu ativo, com base na localização, condição e vários outros fatores. A avaliação é realizada por um avaliador profissional que fará anotações e fotografias e, em seguida, enviará um laudo de avaliação. 

Você pode usar isso ao definir o preço de sua propriedade para colocá-la no mercado, para efeitos de inventário ou mesmo para fins de auditoria. 

Entre os itens analisados estão ainda idade do imóvel, tamanho, desgaste e uso e layout para se aproximar de um valor apropriado. Também serão analisadas propriedades semelhantes na região e consideraram como é o mercado.

Além dos fins de auditoria, uma avaliação de imóvel pode ser feita para:

  • Compra e Venda;
  • Redução de IPTU;
  • Negociação de Aluguel;
  • Real Estate;
  • Garantia Bancária;
  • Seguros;
  • Entre outros.

Importância da desmobilização de ativos imobiliários para as empresas

Como podemos perceber, a avaliação dos imóveis e bens para a desmobilização de ativos acaba sendo um trabalho bastante complexo. Mais do que isso, ele requer um conhecimento do mercado, desde a avaliação imobiliária, até fatores mais complicados e que precisam de ajuda profissional.

Isso permitirá que a avaliação seja feita da forma mais assertiva possível e a desmobilização de imóveis seja economicamente viável para a empresa. 

A avaliação de bem é a forma segura e assertiva de garantir que a desmobilização de ativos imobiliários seja economicamente viável para a empresa. 
A avaliação de bem é a forma segura e assertiva de garantir que a desmobilização de ativos imobiliários seja economicamente viável para a empresa. 

Afinal de contas, não se trata de apenas vender um terreno ou um galpão, é necessário tirar o investimento inicial e, melhor ainda, se for possível ter certo lucro sobre a venda.

Nesse sentido, uma avaliação bem conduzida permite que o gestor tenha certeza que o preço de venda do ativo é realmente interessante, e que ele não terá prejuízos com o negócio. 

Contudo, é necessário ainda considerar que, quanto melhor for conduzido o estudo, mais credibilidade e fé pública haverá perante os interessados pelo imóvel.

Para conferir outros conteúdos sobre desmobilização de ativos e como eles podem ajudar no fluxo de caixa da empresa, clique aqui e acesse outros conteúdos no blog Superbid!

Exame de moto: o que pode reprovar na prova?
Exame de moto: o que pode reprovar na prova?
O que significa sinistro recuperado no documento?
O que significa sinistro recuperado no documento?

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.