martelo de leilão

Leilão como investimento: Saiba tudo sobre a prática

Com tantos percalços recentes, sejam financeiros ou de saúde, agravadas por conta da situação mundial graças ao Covid-19, são muitos os brasileiros que estão procurando por novas formas de ganhar dinheiro — ou de, pelo menos, tentar driblar as dívidas. E a prática do leilão como investimento tem se mostrado uma bela opção. 

Pode parecer confuso à primeira vista, mas o leilão como investimento oferece uma oportunidade para fazer com que seu dinheiro não fique tão parado na conta bancária e também consegue render bons lucros. Afinal de contas, não é nenhum segredo que os leilões são um modelo de atividade muito rentável.

Isso porque os leilões oferecem oportunidades de retorno financeiro, tanto aos vendedores quando aos compradores.

Os leilões são práticas antigas e que oferecem oportunidades de retorno financeiro, tanto aos vendedores quanto aos compradores.
O leilões é uma prática antiga e que oferece oportunidades de retorno financeiro, tanto aos vendedores quanto aos compradores.

Neste artigo, você vai entender mais sobre a prática de leilão como investimento: como entrar no segmento, alguns pontos de cuidado, exemplos de tipos de leilões que estão em alta, entre outros. Ficou interessado? Basta continuar a leitura.

O atual mercado de leilões no Brasil

Os leilões sempre chamaram a atenção dos brasileiros: seja pela disponibilidade de itens curiosos ou raros, ou pela oferta de produtos de qualidade bem abaixo do preço do mercado tradicional — e isso vale para bens diversos, como automóveis, propriedades, joias, entre outros. 

E apesar da curiosidade, o segmento de leilões quase não sofreu durante a crise causada pelo novo coronavírus, diferente de outros setores diretamente afetados. Isso se deve graças ao fato dos leilões acontecerem, majoritariamente, de forma online, sem a necessidade de comparecimento a um espaço físico para arrematar bens.

Em entrevista ao Valor Investe, o advogado especializado em leilão de imóveis Bence Pal Deák confirmou que pessoas com recursos — e que encaram os leilões como forma de investimento — são as que estão mais propensas a se darem bem no segmento. 

O mercado não era organizado, não havia grupos especializados, com bom capital disponível, trabalhando na aquisição de imóveis. Por isso os preços dos imóveis não saem hoje por um valor tão vantajoso. O que a gente nota é que, só quem tem paciência e procura, encontra ótimas oportunidades. O valor do imóvel pode ser mais em conta até 50%, com relação ao verificado no mercado

Bence Pal Deák, ao Valor Investe, sobre as vantagens para os investidores em leilões
Leilões se fortaleceram mesmo perante à crise de saúde causada pelo novo coronavírus. Créditos da imagem: Reprodução

Também em entrevista à publicação, a advogada Isabela Nascimento diz que os investidores são os mais beneficiados, especialmente em momento em que há grande procura.

Antes de apostar em leilão como investimento: o que preciso saber? 

Os brasileiros estão sempre em busca de aumentar seus lucros — especialmente considerando as instabilidades na economia. E se reinventar pode dar uma boa ajuda para aumentar o patrimônio. Por isso, muitos estão em buscas dos leilões como uma forma de ganhar dinheiro. 

Os leilões oferecem uma boa oportunidade de ter um retorno positivo para a venda (e também para a compra) de bens. Pense naquele imóvel ou carro encostados. Não seria melhor oferecê-los em um leilão? Sem uso, eles podem, pelo menos, virar lucro, considerando que são os principais itens procurados entre os adeptos desse modelo de negócio.

carros em um leilão
Automóveis estão entre os principais itens buscados por leiloeiros. Créditos da imagem: Reprodução

Eles também oferecem a possibilidade de compra e revenda, sendo mais lucrativos que apenas fazer a aquisição de um bem. Mas antes de começar a enxergar nos leilões uma oportunidade de investimento, é importante ficar atento a algumas informações para não haver prejuízos. 

Faça uma análise do mercado

Um ponto que deve ser considerado antes de investir em leilões é o de observar o mercado leiloeiro. Isso porque os leilões oferecem oportunidades diversas para bens variados, mas antes, todos precisam passar por um crivo.

Assim, você deve desempenhar o papel de mediador e analisar o que vai comprar para revender, ou o que pretende lucrar ao disponibilizar seu bem a uma arrematação. Pesquise por marcas que estão sendo oferecidas, seus valores, nível de procura, entre outros, e veja se encaixa nas suas necessidades. 

Investir em leilões é como empreender

Os leilões podem oferecer a oportunidade de completar a renda. Por isso, comece a desenhar uma estratégia: veja as possibilidades de lucro, defina um nicho e reveja opções. Por exemplo, antes de sair oferecendo diversos itens, procure focar em um mercado, como automóveis, imóveis, eletrônicos ou joias.  

mulher com chave de casa
Muitos donos de propriedades comumente disponibilizam terrenos e apartamentos em leilões. Créditos da imagem: Reprodução

Mas isso não impede que você só possa atuar em apenas um segmento leiloeiro. Muito pelo contrário, graças a diversidade de leilões, você pode trabalhar em diversos segmentos sem haver interferências — contudo, será necessário organizar bem suas prioridades. 

Leilão como investimento oferece riscos?

Sim, os leilões como investimento também podem oferecer riscos aos seus adeptos. Mas isso não é nenhuma surpresa, afinal de contas, a cada movimentação financeira, existem chances de prejuízos como em qualquer outro negócio. 

Apesar disso, os leilões oferecem segurança e rentabilidade aos envolvidos, visto que a possibilidade de fraudes, golpes ou prejuízo é relativamente baixa quando comparada a outras empreitadas. Mas para evitar possíveis dores de cabeça, esteja sempre atento ao edital do leilão para qual você se inscrever, seja como vendedor ou comprador.

Leilão como investimento é uma boa oportunidade?

Como você já pode ter lido, optar por investir em leilões é uma tarefa que deve ser muito bem pensada. 

Em boa parte, isso se deve ao fato de que todo lance precisa de um tempo de maturação para ser concluído. Uma forma de se “preparar” enquanto você espera um comprador, é dividir o seu capital e selecionar uma parte exclusiva para repor os custos do bem à disposição de um arremate ou um capital reservado para adquirir outros itens.

martelo de leilão
O valor de um imóvel pode ser mais em conta até 50% em um leilão, com relação ao verificado no mercado. Créditos da imagem: Reprodução

Mas a estrutura básica de um leilão permite que o investimento no segmento seja uma boa forma de aumentar os lucros. Isso porque, diferentemente da bolsa de valores, por exemplo, caso uma arrematação seja cancelada, você recebe o seu dinheiro de volta — inclusive a comissão do leiloeiro. 

Nenhuma outra forma de investimento vai te garantir o seu retorno financeiro no caso de uma negociação incompleta. Sem contar que, nos leilões, existem a possibilidade de arrematar bens por 50% acima do valor avaliado, permitindo lucros maiores e até imagináveis. 

Qual a vantagem de investir em imóveis em leilão?

Os imóveis que vão a leilão normalmente possuem um preço de venda mais baixo do que o preço de mercado, já que são leiloados especialmente quando o proprietário não consegue quitar as parcelas do financiamento, não pagam os impostos municipais ou são dados como garantia para uma dívida que acabou não sendo quitada.

Isso quer dizer que o interesse em vender esses bens rapidamente é muito grande, fazendo com que o preço seja bem abaixo da média do mercado.

Outra grande vantagem desse tipo de investimento é que ao comprar um bem imóvel por leilão, você consegue economizar no ITBI, considerando que as prefeituras cobram a alíquota em cima do valor venal do imóvel e que os Tribunais levam em conta que o valor deve incidir sobre a arrematação.

Isso quer dizer que se você comprou um imóvel em leilão com valor venal de R$550 mil por R$380 mil, você pode conseguir economizar mais de R$5 mil só em impostos na hora de fazer a transferência de proprietários.

O leilão como investimento é uma ótima prática de negócio. Confira algumas oportunidades que a Superbid oferece e veja se fazem jus às suas necessidades.

Para conferir outros conteúdos relacionados ao mundo dos leilões e estar sempre atento nas oportunidades que a Superbid oferece, clique aqui e acesse nosso blog!

Meio ambiente – Bota pra Circular
Meio ambiente – Bota pra Circular
Teste Psicotécnico: tudo o que você precisa saber
Teste Psicotécnico: tudo o que você precisa saber

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.