Imóvel com dívida

Quais os custos ao comprar um imóvel? Confira tudo

Adquirir um novo imóvel envolve alguns custos que estão ligados diretamente aos trâmites e documentações, já que nesse processo é necessário que o imóvel seja transferido do nome de um proprietário para o outro, e que o novo proprietário faça a atualização da matrícula do bem, a fim de que todas as novas informações sejam reconhecidas em cartório. Mas você conhece quais são todos os custos ao comprar um imóvel?

Muitas pessoas acreditam que quando forem adquirir sua casa própria, terão que arcar apenas com os custos do valor de venda daquele imóvel.

Porém, os valores envolvidos nesse tipo de transação vão muito além do valor anunciado, já que você também ficará responsável pelos custos de escritórios, cartórios e impostos, por exemplo.

Para tirar suas dúvidas sobre esse assunto e lhe auxiliar a calcular os custos extras da compra de uma casa nova, separamos um post com a lista de todos os encargos envolvidos nesse processo. Confira a seguir!

Quais os custos ao comprar um imóvel?

Taxa de corretagem

A taxa de corretagem é o valor cobrado pelo corretor por intermediar a negociação entre quem compra o imóvel e quem vende. Ou seja, nada mais é do que a comissão que o corretor recebe sobre a venda do imóvel.

um dos principais custos é a taxa de corretagem
um dos principais custos é a taxa de corretagem

De modo geral, essa taxa varia entre 6-8% do valor venal do seu imóvel, mas não é em todos os casos que esse encargo é de responsabilidade do comprador. Na maioria das transações, o valor de corretagem já está incluso no valor de venda, e é descontado quando o dinheiro passa para o proprietário.

O mesmo acontece com taxas aplicadas em imóveis que são vendidos em leilão, por exemplo: em grande parte dos casos, o valor de comissão dos sites não é repassado para o cliente como um custo extra, e já está embutido no valor venal do imóvel.

ITBI – Imposto de Transmissão de Bens Imóveis

O ITBI é um imposto municipal que tem um alíquota que varia de acordo com cada cidade e estado brasileiro, girando em torno de 1-3% do valor venal do bem. Esse imposto é uma forma de regularizar a situação do imóvel para a administração pública do município em que ele está situado.

Ou seja, sempre que um bem passa de um proprietário para outro, deve-se pagar a taxa de transferência para a prefeitura.

Escritura pública

Outro custo envolvido ao comprar um imóvel é a escritura pública, um dos documentos mais importantes na hora da aquisição de um imóvel, já que esse é o documento que regulamenta a transação.

Isto é: somente a partir da escritura que você consegue fazer o registro para transferir a propriedade para seu nome no cartório de imóveis, e sem o documento, o bem continuará pertencendo ao antigo proprietário, mesmo que você já tenha pago por ele.

O valor da escritura também varia de acordo com a localização do bem, e você deve buscar informação nos cartórios da sua cidade para verificar o valor aplicado na sua região.

Em casos de imóveis financiados, a escritura pública não é um documento exigido de imediato, já que nessas transações o contrato de financiamento é usado para substituir o documento.

Registro

O registro do imóvel é a formalização da compra do bem, quando você será reconhecido legalmente como novo dono da casa ou empresa.  Porém, para que isso seja possível, antes é necessário já ter quitado o valor do ITBI e finalizado a escritura – ou então, apresentar o contrato de financiamento.

O valor do registro tem uma alíquota de acordo com cada cidade e estado braisleiro que incide sobre o valor venal do bem.

Reformas e reparos

Embora os custos com reparos e reformas não tenham relação com a parte jurídica da compra de um imóvel, também é um custo necessário que deve ser calculado, especialmente se você pretende aumentar um cômodo, mudar a cor das paredes, trocar o revestimento etc. 

considere os custos de reformas, incluindo demolição de paredes
considere os custos de reformas, incluindo demolição de paredes

Toda melhoria e reforma deve ser calculada nesta etapa, a fim de avaliar se o investimento será vantajoso para você e se lhe trará retorno, especialmente se você estiver começando os investimentos em imóveis.

Custos com a mudança

Depois da reforma, outro custo pertinente na hora de fazer o cálculo dos custos totais da sua nova casa são os valores de empresas que irão lhe auxiliar na mudança para a nova casa, se o seu intuito for comprar para morar.

Se você tiver bastante móveis, é interessante buscar ajuda profissional para desmontar e montar suas mobílias e especialmente transportá-las, evitando que elas se deteriorem no caminho ou acabem quebrando por montagem errada.

Esse valor varia de acordo com a empresa que você contratar e da quantidade de bens que tiver para fazer o transporte, além da distância entre os dois imóveis.

Juros e correção monetária

Quando você compra um imóvel à vista, esses valores não são calculados no valor da venda, já que no seu caso não terá nenhuma taxa de juros. Porém, em financiamentos, além do valor venal e do valor das parcelas, você também deve ficar atento aos juros e correção monetária.

é importante calcular as taxas e juros de financiamentos
é importante calcular as taxas e juros de financiamentos

Os juros são as alíquotas cobradas pelo empréstimo que o banco lhe concede para aquisição do seu novo imóvel. Essa alíquota é calculada tendo como base o valor total emprestado, chamada de taxa de juros.

Leia também O que precisa para financiar um imóvel? Requisitos, documentação e taxa de juros

O valor da taxa de juros varia de acordo com a instituição escolhida para fazer o financiamento, e você deve sempre procurar as empresas e bancos que oferecem as melhores taxas para que o valor do financiamento não fique tão maior do que o valor venal.

Já a correção monetária é o valor pago pela desvalorização do dinheiro e pela inflação daquele período. Afinal, o dinheiro não terá o mesmo valor ao decorrer dos anos. Ou seja, R$300 mil hoje não valerão mais os mesmos R$300 mil depois de 10 anos.

É pensando nisso que os financiamentos possuem uma taxa de aproximadamente 1% ao ano para compensar a correção desses valores.

Taxa de avaliação do imóvel

O financiamento muitas vezes envolve alguns custos extras na hora de comprar um imóvel, como é o caso da avaliação solicitada pelo banco, a fim de garantir que o valor cobrado pelo imóvel esteja de acordo com o estado do bem, e se ele vale menos aquele preço. O valor da vistoria vai depender da sua região e do tipo de imóvel, mas a grande maioria tem um preço médio de R$2.500.

Agora que você viu quais os custos ao comprar um imóvel, não deixe de fazer um cálculo para verificar quanto você vai gastar na hora de comprar sua casa nova.

Lembre-se de sempre optar por instituições que cobrem taxas de juros menores em financiamento, e busque diversas opções de imóveis antes de fechar a compra para evitar ter que fazer reformas muito grandes, o que diminuirá os custos totais com a aquisição do novo bem.

Pensando em comprar sua casa própria? Veja as ofertas de imóveis que estão disponíveis no site da Superbid e de o primeiro passo para a casa nova!

Para mais conteúdos voltado ao mercado imobiliário e tudo mais, clique aqui e acesse o blog Superbid!

House Flipping: nova tendência de mercado de imóveis
House Flipping: nova tendência de mercado de imóveis
Meio ambiente – Bota pra Circular
Meio ambiente – Bota pra Circular

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.