a liquidez é o tempo que o bem leva para se tornar dinheiro em espécie

Quais as causas da desvalorização de imóveis? Como evitar que sua casa sofra depreciação ao longo dos anos

Um dos maiores mitos do mundo imobiliário é o de que o imóvel se valoriza naturalmente com o tempo graças a desvalorização do real. Mas isso nem sempre acontece, e o mais comum nesse mercado é que esses imóveis sofram uma grande desvalorização, especialmente se não forem cuidados corretamente. Mas você sabe o que impacta na desvalorização de imóveis?

Embora uma casa ou empresa de fato se valorize com o passar dos anos, isso não é uma regra comum que aconteça com todos os bens. Isso porque existem diversos fatores que englobam a valorização, indo desde a localização do imóvel e construções ao redor, até fatores como design da residência, construção e metragem do terreno.

Para que você entenda melhor o que desvaloriza seu imóvel, separamos um post explicando mais sobre esse assunto. Confira!

Quais as causas da desvalorização de imóveis?

Falta de manutenção

Quanto mais avarias o imóvel apresentar, mais desvalorizado ele tende a ficar com o tempo, e isso é causado especialmente pela falta de manutenção e reparos. Essas avarias incluem qualquer problema estético e estrutural da casa, como:

  • infiltrações;
  • revestimentos soltos;
  • pedras de bancadas trincadas;
  • fechaduras quebradas;
  • portas soltas;
  • pinturas manchadas.
é importante fazer a manutenção do imóvel periodicamente

Para evitar que isso aconteça, o ideal é que você faça a manutenção do imóvel sempre que notar que algo está se deteriorando, ou anualmente caso não tenha surgido nenhuma necessidade de conserto. Assim, você consegue fazer uma vistoria para avaliar se há necessidade de  manutenção de algum item que passou despercebido.

Quanto melhor você manter seu patrimônio, maiores as chances de valorização depois de alguns anos de compra.

Falta de segurança

Você já notou que algumas casas de padrão mais alto possuem um preço de venda menor quando são construídas em determinados bairros? Isso acontece porque a segurança também é algo que influencia diretamente na valorização e desvalorização de imóveis.

Hoje, o Brasil conta com um alto índice de roubos e furtos, e quanto menor for a segurança do bairro em que a casa foi construída, menor será o preço de venda.

Outro fator que também desvaloriza a residência por falta de segurança é a ausência de muros ou entradas desprotegidas ou de fácil acesso.

Para resolver esse problema, o proprietário pode optar pela instalação de alarmes, cercas elétricas e câmeras de segurança para evitar a vulnerabilidade do bem.

IPTU atrasado

O IPTU é um imposto municipal que deve ser pago mensal ou anualmente, dependendo da escolha do proprietário.

Deixar de arcar com esse imposto pode fazer com que a dívida aumente devido aos juros, colocando em risco a residência em si, já que ela pode ser tomada pela justiça por falta de pagamento da dívida.

Sempre que uma residência tem débitos de IPTU, ela sofre uma grande desvalorização na hora da venda, muitas vezes maior do que o valor da dívida em aberto. Por exemplo, se sua residência tem um valor venal de R$270 mil e está com uma dívida em aberto de R$2.000 de IPTU, o valor de venda dela pode cair para R$240 mil.

Problemas com a documentação

Documentações incompletas ou que não estejam atualizadas e regularizadas é outro grande problema que pode desvalorizar o bem na hora da venda ou até mesmo locação. Isso porque os problemas com a documentação das residências afeta diretamente a integridade do imóvel, especialmente se ele não estiver regularizado na prefeitura.

Leia também Como ganhar dinheiro comprando em leilão e quais melhores investimentos nesse ramo?

O grande problema é que em casos mais específicos, o novo proprietário deverá arcar com todos os trâmites para regularizar a situação, especialmente se não estiver sabendo desse problema antes da compra. 

a documentação também deve estar em dia para evitar que o seu imóvel desvalorize
a documentação também deve estar em dia para evitar que o seu imóvel desvalorize

Imagine que você não solicitou a regularização da casa que você pretendia comprar durante a negociação, e depois de assinar o contrato, descobre que ela possui algumas irregularidades voltadas às regras de construção do município. Para evitar multas ou até acabar perdendo o bem, você deverá arcar com as reformas para regularizar a situação.

Construções ao redor

Outro fator que desvaloriza o bem não está ligado de fato com o imóvel em si, e sim na localização em que ele foi construído. Isso porque, dependendo do tipo de comércio que for construído ao redor, o bem pode tanto se desvalorizar como valorizar.

Escolas, supermercados, padarias, farmácias e comércios que facilitam a vida do proprietário e oferecem uma maior comodidade no dia a dia são comércios que valorizam ainda mais o imóvel, especialmente se o bairro em que ele foi construído é um bairro mais nobre. 

Em contrapartida, casas de festas, bares e qualquer outro comércio que possa impactar no bem-estar e sossego de quem comprar a casa pode ser um grande motivo para a desvalorização de imóveis, fazendo casas de padrão mais alto serem vendidas facilmente por preços mais baixos.

Falta de garagem

Casas que não têm garagem também sofrem uma grande desvalorização, já que a maioria das pessoas que buscam casas para comprar e até alugar optam por aquelas que dispõe de garagem para pelo menos um veículo.

No entanto, a casa não deve apenas ter um espaço de garagem: é necessário avaliar como esse espaço foi disposto. Por exemplo:

  • o espaço é pequeno?
  • é possível colocar o carro sem precisar de grandes manobras?
  • é possível abrir as duas portas do carro quando ele estiver dentro da garagem?
  • a garagem é coberta?

Falta de espaço

Imóveis pequenos e com falta de espaço pode ser um grande problema que impacta diretamente na desvalorização de imóveis, especialmente em casos de famílias com filhos e animais de estimação.

quanto menor for a casa, maiores as chances de desvalorização
quanto menor for a casa, maiores as chances de desvalorização

Porém, é importante lembrar que existem casais sem filhos e pessoas solteiras que não vêem problema no pouco espaço dos imóveis, sejam casas ou apartamentos.

O único problema é que essas pessoas já buscam imóveis menores sabendo que são desvalorizados, e você não conseguirá alugar ou vender uma casa pequena por um preço maior só porque tem pessoas interessadas nela.

Depois de aprender mais sobre a desvalorização de imóveis e por que isso acontece, é importante ficar de olho na sua residência para evitar esse tipo de problema, especialmente no que diz respeito à manutenção e documentação.

Caso você esteja pensando em comprar um imóvel, também é importante estar atento aos fatores que desvalorizam o bem a longo prazo como localização e pouco espaço.

Confira o leilão de imóveis da Superbid e garanta preços abaixo da avaliação para começar seus investimentos nos negócios imobiliários!

Para conferir outros conteúdos relacionados ao mundo dos imóveis, clique aqui e acesse o blog Superbid!

House Flipping: nova tendência de mercado de imóveis
House Flipping: nova tendência de mercado de imóveis
Meio ambiente – Bota pra Circular
Meio ambiente – Bota pra Circular

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.