Agropeças: Superbid e UDOP firmam solução para abastecer mercado de peças do setor bioenergético

Em parceria exclusiva, a Superbid e a União Nacional de Bioenergia (UDOP), entidade que representa cerca de 70 usinas ligadas ao setor bioenergético, firmaram parceria no projeto Agropeças, que proporciona a venda de peças peças novas, sem uso, direto dos estoques das maiores usinas do Brasil, com entrega imediata, qualidade e excelentes condições de preços.

A Agropeças foi desenvolvida com o objetivo de fornecer oportunidades para as usinas associadas da UDOP ofertarem seus MROs (materiais de reposição e operação) novos e em perfeito estado de uso, atendendo principalmente os setores agrícola, automotivo e industrial.

A origem da Agropeças tem um motivo: usinas de todo o país possuem um estoque de itens disponíveis que não foram consumidos na manutenção preventiva e/ou nas operações das áreas. A UDOP e a Superbid identificaram como oportunidade criar um canal especializado para “girar” esse estoque de itens novos e sem uso, para que as usinas pudessem ganhar mais espaço em seus almoxarifados e pudessem recuperar parte do capital investido. 

Loja Agropeças na Superbid

Do ponto de vista da usina que vende suas peças, a Agropeças promove a disrupção para venda dos itens sem uso nos almoxarifados com maior rentabilidade, além de gerar o reaproveitamento de peças que não foram usadas em projetos descontinuados. A modalidade de transação também atende às preocupações ESG, cada vez mais exigidas pelas empresas que desejam evitar impacto ambiental com a destinação inadequada de resíduos.

Para o comprador que busca peças para a operação, a Agropeças torna-se aliada das prestadoras de serviços, empresas com foco em manutenção e reparo e revenda. Além disso, a Superbid disponibiliza uma plataforma de grande usabilidade aliada a segurança dos dados e diversas formas de negociações. O resultado é uma loja eficiente, com preços excelentes, com produtos de qualidade e diversidade de itens novos das nossas associadas.

De acordo com Jacqueline Luz, diretora comercial na Superbid e uma das idealizadoras da Agropeças, os números do projeto mostram que o setor bioenergético está engajado com uma agenda sustentável, na qual a economia circular e a inteligência no uso de recursos trazem impactos positivos, tanto para as usinas, quanto para a sociedade e o meio ambiente. Para o próximo semestre, são esperados mais de 50 mil itens materiais, transação superior a R$ 20 milhões.

Plataformas elevatórias: Tudo o que você precisa saber
Plataformas elevatórias: Tudo o que você precisa saber
Checklist para utilização de plataformas elevatórias
Checklist para utilização de plataformas elevatórias

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.